Blog do Perrone

Para jogadores do Palmeiras, Valdivia é referência de salário alto e rendimento baixo

Perrone

Os cerca de R$ 500 mil mensais pagos a Valdivia pelo Palmeiras criaram um clima ruim para o chileno entre os colegas. Seus companheiros avaliam que o atacante ganha mais do que todos, porém, joga menos do que boa parte do grupo.

Por isso, os jogadores mais importantes do elenco tentam receber o mesmo que Valdivia na primeira oportunidade. Barcos já fez a sua exigência, ainda que sem criticar o companheiro para a diretoria. De acordo com a rádio Jovem Pan, o argentino se concentrou um dia depois do que o time antes do clássico contra o São Paulo justamente por querer salário semelhante ao do chileno.

Valdivia ganha cerca de R$ 500 mil; Barcos por volta de R$ 200 mil

Um diretor, dois conselheiros e uma pessoa próxima ao argentino confirmaram ao blog a intenção dele de ganhar reajuste, apesar de o atleta negar a informação.

Conforme esses relatos, Barcos, que recebe aproximadamente R$ 200 mil mensais, está em campanha salarial desde agosto, quando teve oferta do Qatar. O Palmeiras recusou a proposta, e o atacante ficou esperando uma compensação financeira.

Segundo gente com trânsito no vestiário palmeirense, ele ficou ainda mais insatisfeito ao saber que num passado recente Kléber recebeu proposta do Flamengo, não foi vendido, e o Palmeiras não cobriu a oferta.

Outro lado

Ao site oficial do Palmeiras, Barcos negou que tenha pedido aumento. Alegou que se concentrou depois porque estava cansado após viagem de volta do amistoso que não aconteceu entre Argentina e Brasil. À reportagem do UOL Esporte, o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, e o empresário do jogador, Marcelo Brito, também negaram o pedido de reajuste.