Blog do Perrone

Quatro pontos positivos para o São Paulo com a aposentadoria de Rogério

Perrone

 A olho nu, o São Paulo só tem a lamentar a aposentadoria de um dos maiores (para muitos o maior) ídolo de sua história. Mas, há também aspectos positivos com a despedida do Rogério Ceni. Veja quatro abaixo.

1 – Novos líderes

A liderança de Rogério naturalmente impedia o surgimento de novos líderes no elenco. Mesmo jogadores com muito tempo de casa ou grandes reforços acabavam ofuscados pelo goleiro. Um dos exemplos é o do ex-meia Ricardinho, que era líder no Corinthians e não passou perto de ter o mesmo status no Morumbi.

2 – Faltas

Perder a precisão de Rogério nas cobranças de falta é um estrago. Mas, em compensação, agora outros cobradores terão mais liberdade para mostrarem o que sabem e se aprimorarem. Ganso, se ficar, é um deles. O time terá mais opções.

3 – Política

Com a aposentadoria do ídolo, o São Paulo ganha um personagem de peso que pode cobrar os cartolas e apontar caminhos. Dificilmente a torcida não estará ao seu lado.

4 – Conhecimento

Seja como técnico ou dirigente, o que Rogério decidir fazer relativo ao futebol depois de se retirar dos gramados tem grande chance de dar certo pelo conhecimento que ele demonstrou durante a carreira. Ceni pode ser muito útil ao clube numa nova função.