Blog do Perrone

Barcelona deve pedir na Fifa 8,3 mi de euros do Santos no ‘caso Gabigol’

Perrone

O Barcelona está finalizando a documentação para acionar o Santos na Fifa sob a alegação de desrespeitar a preferência que o clube catalão tinha para igualar propostas pelo atacante Gabriel.

A intenção dos espanhóis é pedir que a federação internacional obrigue o time brasileiro a devolver os 3,2 milhões de euros pagos pelo Barça pela prioridade em relação a Gabigol, Victor Andrade e Geuvânio e mais 5 milhões de euros como multa e indenização.

A Fifa tem legitimidade para julgar o imbróglio, pois foi apontada como foro em caso de litígios referentes ao contrato da venda de Neymar. A prioridade sobre o trio foi dada na transação que colocou Neymar no Barcelona, que não exerceu a opção em relação aos outros dois jogadores. Quem se sentir prejudicado com a decisão poderá ainda recorrer ao CAS (Corte Arbitral do Esporte).

Conforme revelou o blog, o Santos mandou uma carta para o Barça no último dia 29 avisando sobre a proposta da Internazionale de Milão por Gabigol e pedindo uma resposta até o dia 30 às 5h pelo horário brasileiro. No mesmo documento, a direção santista admitiu que o contrato de preferência dava aos espanhóis três dias uteis para responderem, mas alegou que a oferta italiana chegou no dia 28 e que a janela de transferências para a Europa se encerraria no dia 31. Assim, o Santos pediu a “gentilmente” para o Barça se manifestar dentro do novo prazo estipulado.

O departamento jurídico do clube catalão vai alegar também que, apesar de a agremiação brasileira dizer ter recebido a proposta em 28 de agosto, Gabriel já tinha feito exames médicos para a Inter, na Itália, e posado segurando a camisa do time italiano.

Nesta segunda,  Modesto Roma Júnior, presidente do Santos, não atendeu aos telefonemas para falar sobre o assunto.  Mas no último dia 2, ao ser indagado pelo blog sobre a intenção do time espanhol de abrir um processo na Fifa, ele disse o seguinte: “O Barcelona que faça o que quiser. Não se esqueça que eles entenderam que não deviam pagar para o Santos 2 milhões de euros previstos em contrato (pela indicação de Neymar como finalista do prêmio de melhor do mundo da Fifa)”.

Na ocasião, os catalães declararam que não fariam o pagamento porque os santistas contestam o contrato da venda do atacante na Fifa, assim, afirmaram, que a contestação também valia para o bônus relacionado a Neymar.

Modesto também disse que propostas oficiais só chegam após os jogadores realizarem exames médicos.

Segundo a Folha de S.Paulo, a diretoria do Santos tem guardado um e-mail enviado no dia 25 de agosto para o Barça avisando que estava negociando Gabriel por 29,5 milhões de euros e que, após 24 horas sem resposta, o negócio foi fechado.