Blog do Perrone

Corinthians vai pagar mais de R$ 7 mi em direitos de imagem para Jô em 2017

Perrone

Colaborou Rodrigo Mattos, do UOL, no Rio de Janeiro

De acordo com o balanço do Corinthians referente a 2016, Jô receberá R$ 7.250.000 em 2017 como direitos de imagem. A quantia equivale a R$ 604.166,6 mensais.

O valor está registrado no item exploração de imagens a pagar (circulante) do documento divulgado pelo clube, conforme prevê a legislação. Entram nessa rubrica valores que precisam ser pagos no ano seguinte (2017). Dos jogadores identificados, Jô é o que aparece com o maior montante.

Há casos em que junto com os direitos de imagem são pagas luvas, mas não existe esse detalhamento nas demonstrações financeiras corintianas.

 Atletas que recebem direitos de imagem também ganham uma quantia registrada em carteira de trabalho. Ela não foi especificada no balanço, mas seguramente é bem inferior.

Jô foi contratado sob desconfiança da torcida, pois estava sem clube. Porém, se transformou em destaque do agora favorito ao título do Campeonato Paulista marcando gols em todos os clássicos disputados por ele no Estadual. O atacante é o artilheiro corintiano na competição. Balançou as redes seis vezes.

Pelo balanço, é possível comparar a situação de Jô com apenas as de três companheiros. Por meio de empresas de seus agentes estão anotados R$ 458 mil para Rodriguinho, R$ 1.868.000 para Romero e R$ 385 mil para Danilo. Esses valores devem ser pagos no decorrer de 2017. São os únicos do elenco com direitos de imagem a receber citados diretamente no documento. Há também uma série de empresas sem identificação da ligação delas com jogadores.

Um dos registros indica R$ 11.279.000 em “outros contratos de direitos uso de imagem”, sem identificação de atletas.

O balanço ainda mostra que em dezembro de 2016 o Corinthians devia direitos de imagem para profissionais que já deixaram o clube. Todos os registros aparecem em nome de empresas com a indicação do profissional correspondente. Entre eles estão Tite (R$ 215 mil), Fábio Santos (R$ 276 mil), Elias (R$ 1.414.000), o zagueiro Anderson Martins (R$ 1.300.000), Petros (R$ 300 mil), duas empresas que foram relacionadas a Renato Augusto (cerca de R$ 2 milhões), o atacante Elton (R$ 259 mil) e Lodeiro (R$ 166 mil).

Como não circulante, são registrados R$ 4,5 milhões a serem pagos para a empresa do volante Cristian em direitos de imagem. Mas, por ser não circulante, não existe previsão de que o pagamento seja feito todo em 2017.

Abaixo, veja reprodução de trecho do balanço corintiano sobre direitos de imagem.