Blog do Perrone

Arquivo : Paraguai

Talento individual + força coletiva = igual a outra vitória do Brasil
Comentários Comente

Perrone

O Paraguai foi um adversário complicado na Arena Corinthians, apesar da derrota por 3 a 0. Teve pouco apetite ofensivo, mas foi faminto na marcação. Diminuiu espaços para a seleção brasileira e poderia ter dificultado muito mais as coisas. Não complicou por causa da combinação entre organização tática e talento individual, que já se tornou uma característica da equipe comandada por Tite.

Foi a disciplina tática que permitiu ao volante Paulinho (ele mais uma vez) apoiar o ataque sem comprometer a defesa e ajudar na abertura do placar. Os talentos do ex-corintiano e de Philippe Coutinho para se virar sem espaço completaram o lance que culminou com o primeiro gol brasileiro.

Também organizado taticamente, o Paraguai não se desesperou e nem abriu a porteira. De quebra viu seu goleiro defender um pênalti cobrado por Neymar, que na base do talento individual fez o segundo do Brasil. Os brasileiros  buscaram o gol sem abrir buracos que permitissem o contra-ataque paraguaio.

No final, após receber de Coutinho, Paulinho, de novo, serviu com maestria Marcelo, autor de mais um golaço da equipe de Tite. Assim, um jogo que poderia ser suado terminou com o folgado placar de 3 a 0 em mais uma demonstração de como a aplicação tática favorece os jogadores habilidosos dessa seleção.


Sete dúvidas para tirar em Paraguai x Brasil
Comentários Comente

Perrone

A partida entre Paraguai e Brasil, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia, na noite desta terça, pode ser útil para dissipar uma série de dúvidas. São elas:

1 – Como está Gil após se transferir para a China?

2 – É possível montar uma dupla de zaga para jogar a Copa da Rússia sem David Luiz e Thiago Silva, como a que estará em campo com Gil e Miranda?

3 – A seleção brasileira conseguiu diminuir sua dependência em relação a Neymar, que pela terceira vez cumpre suspensão nessas Eliminatórias?

4 – Atuar com um atacante como referência na área, caso de Ricardo Oliveira nesta noite no Paraguai, é mesmo uma boa opção para a seleção?

5 – O bom futebol apresentado pelo Brasil no primeiro tempo do empate com o Uruguai foi uma evolução que terá continuidade nesta terça ou mero acaso?

6 – O Brasil sairá do Paraguai fora do grupo dos quatro primeiros que garantem vaga direta no Mundial, o que acontece com uma derrota, dependendo do resultado da Argentina diante da Bolívia?

7- O corintiano Romero não merece mesmo nem uma chance no banco da seleção paraguaia?

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>