PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Corinthians ficará com 100% das receitas de marketing geradas por Adriano

Perrone

31/03/2011 13h49

Adriano não terá como aumentar seu salário de aproximadamente R$ 300 mil mensais com ações de marketing ligadas ao Corinthians. A diretoria afirma que comprou 100% da imagem do atacante.

Assim, o clube não dividirá com ele as verbas geradas pela venda de camisas do Imperador ou de produtos licenciados ligados ao atleta. Também não está prevista a parceria em patrocínios. O contrato é mais parecido com o que Roberto Carlos tinha do que com o de Ronaldo.

Por enquanto, os corintianos não demonstram empolgação com a possibilidade de ganhar dinheiro com marketing imperial. A diretoria sabe que só vai lucrar se ele estiver bem em campo.

Esse formato contratual aumenta a cobrança por boas atuações do Imperador. Não há espaço para justificativas como: "não está jogando, mas está gerando receitas de marketing".

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone