Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Globo chegou a aceitar acordo com Rede TV!, mas desistiu

Perrone

2020-05-20T11:07:00

20/05/2011 07h00

Após a Rede TV! anunciar que irá à Justiça para fazer valer o contrato assinado via Clube dos 13! está prestes a começar uma briga que ameaça a transmissão dos jogos do Brasileirão de 2012.

Uma saída para evitar o risco de o campeonato ficar sem televisionamento até que a Justiça tome uma decisão é um acordo entre Globo e Rede TV!.

Ataíde Gil Guerreiro, diretor do Clube dos 13 e conselheiro do São Paulo, afirmou ao blog que um pacto chegou a ser selado, mas acabou desfeito. Leia o depoimento do dirigente que cuidou da concorrência feita pelo C13:

  "Liguei para o Marcelo Campos Pinto, da Globo. Disse para ele pedir apenas a minha cabeça no Clube dos 13 e deixar o Fábio Koff  lá. Afinal, eu fui o responsável por tudo. Mas afirmei que a gente precisava  tentar um acordo para não prejudicar o futebol brasileiro. Ele falou que não poderia sublicenciar a Rede TV! para passar os jogos. Ofereceu outros esportes, como o vôlei. A Rede TV! topou.

 No dia da assembleia do Clube dos 13, o Marcelo quis sentar para conversar comigo de manhã, mas não deu. No outro dia fui com o pessoal da Rede TV!  na Globo para fechar o acordo. Mas tudo que o Marcelo tinha concordado não valia mais. Na assembleia, os clubes já tinham desistido do processo no Cade, então a Globo não precisava mais do trato. Aí eles disseram que deram a Série B para a Band. A Rede TV! ficou também sem a Série B. Ela tem razão de tomar a decisão que tomou agora.

Acho que ainda precisa ser feito um acordo. Mas vou ficar no meu canto porque estou brigado com todo mundo. Outro dia, numa reunião com os clubes, o Marcelo Campos Pinto falou que os Marinho não podem ouvir o meu nome. Disse que eu dei R$ 2 bilhões de prejuízo para eles. É o que terão que gastar a mais do que queriam por causa da concorrência.

Estou brigado até com o Juvenal Juvêncio, porque não votei nele na eleição no São Paulo. Ah, estou brigado também com o Cade. Disse ao Fernando Furlan [presidente do Cade] que não aceitava o comportamento do Cade, que deu o voto dele favorável a Globo na audiência no Senado, quando eu dei as provas para ele.

Tentei fazer algo que seria muito bom para os clubes, mas perdi o meu tempo. Estou fora. Vou ficar do lado do Fábio Koff até o fim da auditoria no Clube dos 13. Depois saio. A única coisa que a Globo não aceita negociar é a minha cabeça. Eles querem e pronto".

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone