PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Corinthians tira reservas de Tite para jogar na terra de Kia em viagem com filho de Lula

Perrone

14/10/2011 07h00

No final de outubro, o Corinthians participará de um torneio no Irã e deveria levar seu time principal. Como não poderá abandonar o Brasileirão por uma semana, a direção de futebol amador quer conseguir o maior número possível de reservas de Tite para a viagem.

A ideia é colocar os atletas puco aproveitados pelo treinador ao lado de juniores. Elias, Taubaté, Nenê Bonilha e Bruno Octávio fazem parte da relação de pretendidos pelos cartolas que organizam a delegação. Mas a decisão será de Tite.

Segundo os dirigentes, a participação na competição não tem a ver com o iraniano Kia Joorabchian, ex-MSI e amigo do presidente Andrés Sanchez.

Para a diretoria, participar do torneio tem uma importância política, pois o Governo Federal teria interesse em ver o time principal corintiano representando o país diante de dois iranianos e um clube paraguaio.

Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, fará parte do estafe corintiano. Segundo um dirigente ouvido pelo blog, por ser dono de uma empresa que trabalha com eventos esportivos, Lulinha aproveitará a excursão para tentar agendar amistosos para o alvinegro. De acordo com o mesmo cartola, "é possível" que Lula e Lulinha tenham indicado o Corinthians para jogar no Irã.

Opinião

Por menos que os escolhidos para a missão sejam aproveitados por Tite, é arriscado para quem disputa o título nacional  dispensar pé de obra. Contusões e suspensões são imprevisíveis. E a amizade com Lula de nada valerá na hora do aperto.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone