Blog do Perrone

Palmeiras está em pé de guerra com Adidas

Perrone

É tensa a relação da diretoria do Palmeiras com a Adidas. O fato de a fornecedora de material esportivo ter produzido a nova camisa do time com apenas um de seus patrocinadores só aumentou o descontentamento. BMG, que notificou o clube, como revelou o UOL Esporte, Arcor, Skill e Tim também ficaram de fora.

A situação já era crítica porque a fornecedora ainda não autorizou o Palmeiras a assinar contrato com uma empresa que irá abrir lojas do clube para vender camisas populares, não produzidas pela a Adidas.

O Palmeiras vai pegar uma antecipação de R$ 25 milhões ao assinar o contrato, mas não convence a Adidas a abrir mão de sua exclusividade. A situação irrita os palmeirenses, cansados de seguidas reuniões sem conseguirem o que querem. O episódio da nova camisa, feia para parte dos dirigentes, foi considerado pela diretoria como um item a mais numa relação de queixas que afirmam ter da parceira.

Procurada pelo blog, a fabricante de material esportivo negou que o relacionamento enfrente problemas. Leia abaixo nota enviada por e-mail.

''A adidas do Brasil esclarece que a nova camisa do Palmeiras, apresentada oficialmente na última quinta-feira, contando apenas com a logomarca do patrocinador máster, é a mesma versão comercializada nos pontos de venda aos torcedores. Os demais patrocinadores do clube aparecem no uniforme em que os atletas utilizam em campo.

Acerca da abertura de lojas próprias do Palmeiras, a adidas acredita que a iniciativa só traz benefícios, uma vez que para a marca trata-se de mais um canal de distribuição para os produtos adidas. E ressalta que a  relação da adidas do Brasil com o Palmeiras é excelente, de longa data e sempre muito amistosa.''