PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Regulamento impede relação entre clube e árbitro, mas chefe vê Braghetto vítima de ciúmes

Perrone

17/05/2013 15h11

O artigo 15 de regulamento geral da arbitragem da Federação Paulista é claro: "a condição de árbitro é incompatível com o exercício de qualquer cargo executivo em  órgãos ou entidades ligadas à FPF., ou a qualquer clube de futebol".

Assim, Rodrigo Braghetto vinha atuando em situação irregular, pois é dono de uma empresa que presta serviços ao departamento amador do Corinthians.

"Sabia que ele tinha a empresa, mas não sabia pra quem ela presta serviço. Não sou babá de árbitro para ficar vigiando o trabalho deles. Ele conhecia o regulamento", disse ao blog Marcos Marinho, chefe da arbitragem da Federação Paulista.

Apesar do afastamento de Braghetto da final entre Santos e Corinthians, após o Blog do Paulinho revelar a ligação, ele diz que pessoalmente, não vê problemas na atividade profissional do juiz.

"Existe muita hipocrisia quando falam de ética. Ele foi prejudicado, existem empresas concorrentes da empresa dele, provavelmente alguém estava com ciúmes e queria prejudicar o Graghetto. Conseguiu porque essa final seria a coroação da carreira dele. Ele apitou Corinthians e Ponte, no ano passado, o Corinthians foi eliminado e ninguém questionou isso", completou Marinho.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone