PUBLICIDADE
Topo

Desde sábado, santistas costuram apoio a corintianos e desagradam cartolas

Perrone

05/02/2014 06h00

Desde o último sábado, após a invasão ao CT do Corinthians, jogadores do Santos trocam figurinhas com os atletas corintianos a respeito de um movimento de protesto contra o ato violento.

Nesta terça, a diretoria santista soube que as conversas evoluíram no sentido de seus jogadores apoiarem uma greve com profissionais de todas as equipes do Campeonato Paulista no próximo fim de semana e apadrinhada pelo Sindicato dos Atletas de São Paulo.

Até a publicação deste post, a direção do clube não foi comunicada oficialmente pelos jogadores da intenção de apoiar os corintianos, mesmo assim, já há cartolas contrários a ideia. Uma das teses é de que os jogadores deveriam negociar uma paralisação com apoio da Federação Paulista e das direções dos clubes para evitar uma afronta à entidade e aos empregadores.Nesse cenário (improvável) as diferentes categorias mostrariam juntas o descontentamento com a ação hostil.

Mas existe também entre parte da cartolagem santista o sentimento de que o rival não merece o apoio santista. Isso porque no ano passado o time do litoral queria adiar o jogo contra o Corinthians, marcado para logo depois dos traumáticos 8 a 0 diante do Barcelona. Segundo dirigentes e conselheiros santistas, o time da capital foi contra a mudança.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone