PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Falta de alvará ameaça festa para 20 mil no Itaquerão na Páscoa

Perrone

12/04/2014 14h33

O Corinthians ainda não dá como certo que fará uma festa de abertura para 20 mil pessoas no próximo dia 20, como teste em seu estádio. Isso porque o clube não tem certeza de que conseguirá alvará do Corpo de Bombeiros a tempo. Essa data foi passada à Fifa numa das vistorias feitas no estádio porque o clube avaliou que já teria conseguindo a liberação da arena, o que ainda não ocorreu.

Acontece que não basta o documento ser obtido antes do domingo. O clube precisa de tempo, já com o estádio liberado, para preparar a operação do dia do evento. Assim, existe a possibilidade de a cerimônia ser adiada.

Outro problema é que o plano era fazer primeiro um evento para 4 mil pessoas. Se o alvará for obtido no começo da próxima semana, é possível que o teste menor aconteça no domingo de Páscoa, empurrando o maior para outra data. Existe também a possibilidade de começar com a solenidade para 20 mil pessoas e realizar a menor depois, testando um ponto específico que tenha dado problema, por exemplo.

Várias alterações no projeto foram feitas para atender às exigências dos bombeiros, que identificaram 26 irregularidades, mas a situação ainda está sendo analisada e novos pedidos podem ser feitos, atrasando a obtenção do alvará. Um dos pontos pendentes é o sistema de exaustão de fumaça em caso de incêndio.

A expectativa do clube é de que até a próxima terça já seja possível definir se o evento de domingo vai acontecer.

O estafe corintiano que trabalha na arena está preocupado em evitar falar publicamente sobre datas dos primeiros eventos para que a atitude não seja interpretada como pressão nos bombeiros pela liberação.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone