PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Fifa só deve ter uma chance de testar assentos provisórios de Itaquera

Perrone

02/05/2014 15h53

O próximo teste no estádio do Corinthians, dia 10 de maio, ainda não terá as arquibancadas provisórias disponíveis ao público. Com isso, é grande a possibilidade de que elas só sejam testadas uma vez antes da abertura da Copa do Mundo.

A previsão de entrega dos cerca de 20 mil assentos temporários é justamente para o dia 10, quando ex-jogadores do clube vão se enfrentar no estádio. Porém, o estafe responsável pela arena alvinegra preferiu não usar essas arquibancadas no mesmo dia em que elas ficarão prontas. Um dos motivos é a venda antecipada de ingressos. Eles seriam vendidos sem que os assentos já tivessem sido entregues.

O evento seguinte será a partida entre Corinthians e Figueirense pelo Brasileirão, dia 18, já com as arquibancadas provisórias e comercialização de pelo menos 48 mil ingressos. A operação será nos moldes da Copa, sobre controle da Fifa, justamente para testes. Existe ainda a chance de o jogo contra o Atlético-PR ocorrer no estádio, antes do Mundial, mas essa possibilidade é considerada pequena pela direção alvinegra.

Para o duelo com o Figueira, pouco menos de 20 mil entradas serão negociadas a R$ 40. Esse será o preço de face do ingresso mais barato e é o mesmo praticado hoje pelo clube. Sócios-torcedores mais assíduos têm descontos.

Mas o Corinthians ainda não decidiu quanto irá cobrar pelos setores mais luxuosos no dia 18. A indefinição acontece porque o clube não sabe quais serviços poderá disponibilizar aos torcedores vips.

Até agora, responsáveis pela operação do estádio consideram que só fizeram um teste na arena, para cinco mil crianças. A festa realizada no Dia do Trabalho, nesta quinta, para funcionários e familiares, não valeu porque não foram colocados serviços à disposição dos presentes.

Em relação ao que foi testado no evento anterior, a avaliação é de que orientadores funcionaram bem, ajudando 80%  do público a ocupar o lugar marcado nos ingressos. Limpeza nos banheiros e o sistema de controle de ingressos  são outros aspectos considerados positivos. Já o número de lixeiras nos corredores foi inferior ao necessário e será aumentado.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone