Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Cartilha do Governo Federal chama estádio do Corinthians de Itaquerão

Perrone

27/06/2014 01h30

A cartilha distribuída pelo Governo Federal para a imprensa durante a Copa do Mundo chama o estádio do Corinthians do jeito que mais revolta os dirigentes do clube: Itaquerão. Andrés Sanchez, que deve ser candidato a deputado federal pelo PT, partido governista, argumenta que o apelido dificulta a venda dos naming rights da arena. Isso porque os candidatos a patrocinador temem que o nome oficial nunca pegue. Responsável pela arena, o cartola critica os jornalistas que usam o apelido.

O material foi confeccionado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República para defender os gastos do Governo Federal com a Copa do Mundo, principalmente diante da imprensa internacional, como mostrou o blog nesta quinta. São duas mil cartilhas em inglês, a mesma quantidade em espanhol e mil em português.

A menção ao Itaquerão aparece na página que informa o custo de cinco dos novos estádios da Copa do Mundo. A intenção é mostrar que eles custaram menos do que algumas arenas estrangeiras, com a alemã Allianz, que aparece com o custo de US$ 506,6 milhões.

Por sua vez, o estádio corintiano é apresentado com custo de US$ 351,4 milhões, que equivalem a R$ 775,9 milhões. Mas dirigentes do clube admitem que o gasto total é de aproximadamente R$ 1 bilhão. Abaixo da comparação dos valores, a cartilha registra como fonte "Play The Game/Danish Institute for Sports Studies/BCB." A publicação afirma que os valores foram atualizados em fevereiro de 2014.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone