PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Briga com Juvenal faz Aidar dispensar um dos 'melhores advogados do país'

Perrone

25/12/2014 09h53

Por causa de sua briga com Juvenal Juvêncio, Carlos Miguel Aidar suspendeu os serviços de um advogado que, em suas palavras, é um dos melhores do país na área esportiva. Carlos Eduardo Ambiel está fora do clube desde a última terça.

O presidente do São Paulo  havia dito ao advogado que o clube deixaria de contar com seus serviços caso ele não rompesse com José Francisco Manssur, seu sócio no escritório de advocacia. Ambiel não cedeu e levou cartão vermelho.

O problema acontece porque Manssur é conselheiro do clube e um dos principais escudeiros de Juvenal, de quem foi assessor. O presidente suspeita que ele alimentou a imprensa contra sua gestão, fato que Manssur nega.

No último dia 18, em entrevista coletiva, Aidar admitiu a pressão sobre Ambiel, que cuidava de todos os contratos do São Paulo com jogadores, entre outras funções. "Falei com o Carlos Eduardo Ambiel, um dos melhores advogados desportivos do país. E eu o formei como profissional. Ele presta serviços ao São Paulo, mas tem aquele cidadão como sócio. Eu não gostaria de suspender o serviço, mas, se continuar com ele como sócio, acabou", disse o dirigente na ocasião.

Recentemente, Aidar contratou dois advogados que eram de seu escritório. Um deles está participando de um curso da Fifa na Europa. Segundo presidente, o clube gastou R$ 800 mil terceirizando serviços jurídicos nos primeiros quatro meses do ano e agora terá seus próprios advogados. A empresa de Ambiel e Manssur era a principal prestadora de serviços do clube nessa área.

Procurados pelo blog, Aidar, Ambiel e a assessoria de imprensa do presidente são-paulino não responderam ao blog.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone