Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Inter de Milão mira Arana para emprestar ao Bologna. Corinthians tem 40%

Perrone

17/01/2016 09h46

A Inter de Milão está interessada em pagar 4 milhões de euros por Guilherme Arana, reserva no Corinthians, e emprestar o jogador para o Bologna, a fim de dar mais rodagem a ele.

A expectativa de empresários que participam do negócio é de que uma proposta oficial seja enviada nesta semana ao clube brasileiro.

Se ela chegar, o alvinegro ficará com 1,6 milhão de euros, caso o negócio seja concretizado por 4 milhões de euros. O clube tem apenas 40% dos direitos econômicos do lateral. Os outros 60% pertencem a Elenko Sports, que tem como um de seus sócios Fernando Garcia, irmão do ex-candidato à presidência do clube Paulo Garcia.

A grande quantidade de atletas ligados a ele no Parque São Jorge gera críticas de conselheiros até da situação. Malcom, Lucca, Matheus Pereira, Uendel,Walter e Marlone também estão entre os atletas da carteira de Garcia.

O empresário se afastou do Conselho Deliberativo depois de diversas queixas de seus colegas. Isso porque o estatuto corintiano proíbe conselheiros de fazerem negócios com o clube.

Nunca é demais lembrar que hoje a Fifa proíbe empresários e empresas de adquirirem direitos econômicos de jogadores.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone