PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Santos vê retaliação da Globo por negociar com concorrente. Emissora nega

Perrone

28/01/2016 09h08

A diretoria do Santos está incomodada com o fato de o time ter apenas um jogo com transmissão pela Globo anunciado no Campeonato Paulista até agora, contra o Corinthians, pela primeira fase. A FPF divulgou a programação de televisionamento só das dez primeiras rodadas.

A situação do time de Lucas Lima hoje é igual, por exemplo, à do São Bento, que também só tem programada na Globo partida diante do Corinthians.

Nos bastidores, a direção santista afirma que está sofrendo retaliação da Globo por negociar a transmissão dos jogos do clube em TV fechada no Brasileirão a partir de 2019 com o EI (Esporte Interativo), pertencente ao Grupo Turner.

O alvinegro do litoral é um dos times mais animados da negociação. Os cartolas acreditam que, se assinarem com o EI, o Santos vai sumir de vez da grade Globo até o fim do contrato atual do Brasileirão, válido até o final de 2018. Tradicionalmente, os santistas reclamam de pouca exposição.

Em nota, o departamento de comunicação da Globo disse que a emissora ficou surpresa com o relato do blog de desconforto dos dirigentes do Santos, negou retaliação e afirmou que a escolha dos jogos depende da audiência gerada pelas equipes.

"Além da citada negociação não dizer respeito à TV aberta, a Globo ainda não definiu todos os jogos que serão exibidos na primeira fase. Só escolhemos até a décima rodada das 15 da primeira fase. Nas cinco últimas certamente haverá outro jogo do Santos. Os jogos são escolhidos em função do interesse do público e, portanto, da audiência", diz a nota da Globo.

A emissora também citou partidas transmitidas no ano passado para afirmar que não existe retaliação ao Santos: "Como termo de comparação, em 2015, também exibimos dois jogos do Santos na primeira fase. Sem vínculo, portanto, com qualquer negociação ou outro critério que não seja o do interesse do público".

Porém, o site da FPF registra três jogos do Santos na Globo na primeira fase do Paulista de 2015, dois deles nas dez primeiras rodadas da competição, mais do que o programado atualmente.

A direção alvinegra avalia que se os jogos do time na Globo diminuírem poderá ouvir queixas de seus patrocinadores pela redução de exposição na emissora. Mas, mesmo assim, a análise é de que compensa assinar com o Esporte Interativo por questões financeiras, por acreditar que terá mais espaço com a nova parceira e por que a mudança de emissora representaria uma chacoalhada importante no futebol brasileiro.

Como o blog mostrou nesta quarta, a Turner afirma nas reuniões com os clubes que sua proposta total é cerca de nove vezes superior ao que a Globo paga pela transmissão em TV fechada.

Enquanto encaminha um amargo divórcio com a Globo, o Santos já vive em clima de namoro com o EI, que comprou os direitos para transmitir o amistoso de pré-temporada da equipe com o Bahia, outro interessado em mudar de canal.

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone