Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Outro lado de empresário no caso que envolve Cinira e escolinha de futebol

Perrone

26/04/2016 17h21

Atualizado em 27 de abril com versão do estafe de Lucão

No último sábado, o blog publicou post sobre novo imbróglio envolvendo Cinira Maturana, ex-namorada de Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do São Paulo, excluído nesta terça do Conselho Deliberativo do clube, e a escolinha de futebol do São Paulo – Nação Crossfit, de Brasília. A atual diretoria de marketing não considerava a unidade, de propriedade de Nailde Atailde Pimentel, oficial, pois não tinha contrato com ela e nunca recebeu pagamentos dela. Conforme escrito no post, a direção tricolor investigou o caso até que foi procurada, segundo sua versão, pelo dono de outra escola, a Brasília Futebol Academia, que mostrou ter contrato assinado por Aidar que lhe dá o direito de explorar outras unidades no Distrito Federal, como a de Nailde, e em Goiânia. Antes da publicação, o blog não conseguiu localizar Écio Antunes Morgado, responsável pela Brasília Futebol Academia. Porém, obteve contato por telefone celular um dia depois da publicação. Écio, disse que não daria declarações oficiais e pediu que o blog falasse com seu advogado na última segunda, o que foi feito. No mesmo dia, este blogueiro recebeu e-mail com o pedido de direito de resposta. Depois desta publicação, o blog recebeu nota da assessoria de Lucão, que nega que o jogador tenha sido formado na escola mantida por Écio, contrariando a versão do empresário. A seguir, leia a resposta de Écio. Depois dela, a nota da assessoria de Lucão.

Sr. Editor:

A bem da verdade e em respeito aos leitores deste veículo de comunicação do qual o senhor é o legítimo responsável, cumpro o dever de esclarecer os fatos escritos e assinados pelo seu repórter Ricardo Perone, sob o título:

"Novo imbróglio no SPFC tem envolvimento de namorada de Aidar com escolinha"

1- Com base na Lei de Respostas, quem se sentir vítima, ainda que por equívoco de informação, de uma matéria que atente contra sua honra, intimidade ou reputação, poderá solicitar diretamente ao veículo, em até 60 dias a partir da veiculação da matéria, um pedido de retratação.

2- Vem através desse, requerer o direito de resposta o Senhor Écio Antunes Morgado, esclarecer que tem contrato de cessão de direitos federativos com o São Paulo Futebol Clube desde o ano de 2008, conforme contrato em anexo.

3- No ano de 2012, o Senhor Écio Antunes Morgado, alterou seu contrato de pessoa física para pessoa jurídica com o São Paulo Futebol Clube, respondendo pela empresa Écio & Edilson Escolinha de Futebol Ltda, CNPJ nº. 12.010.669/0001-43, mantendo seu contrato de prestação de serviços. (doc. anexo).

4- Esclarece, que no ano de 2015, o Senhor Écio Antunes Morgado, renovou seu contrato de licença de uso de marca e outras avenças com o São Paulo Futebol Clube, com validade pelo período de 02 (dois) anos. (doc. anexo).

5- Cabe esclarecer, que o Senhor Écio Antunes Morgado, NUNCA, manteve escola pirata com o São Paulo Futebol Clube, conforme mencionado na respectiva reportagem do blog.

6- Esclarece ainda, que os contratos entre o Senhor Écio Antunes Morgado, e sua empresa o Brasília Futebol Academia – BFA, sempre foram legais e ciente pelo São Paulo Futebol Clube.

7- Destaca-se, que o Senhor Écio Antunes Morgado, tem um histórico de capacitação de atletas para o São Paulo Futebol Clube. Enviando diverso jogares para a base do clube, hoje com o total de 11 (onze) atletas vinculados, tendo como principal nome, o atleta LUCÃO, que faz parte da equipe principal e da seleção brasileira sub 20, atleta esse, formando pelo Brasília Futebol Academia – BFA.

8- Os referidos contratos assinados entre as partes têm finalidade de aprimorar a formação dos atletas, como fundamentos e técnicas necessárias para a prática do futebol.

9- Cabe mencionar, que o contrato entre as partes é de "ESCOLA DE FUTEBOL COM COOPERAÇÃO TÉCNICA DO SPFC" e não de escolinha de futebol, o qual existe uma grade diferença, ou seja, escola técnica tem o intuito em revelação de atletas, os quais são escolhidos diretamente pelos profissionais do São Paulo Futebol Clube.

10- Tenho absoluta certeza de que a referida matéria não foi elaborada com o intuito de atingir, prejudicar profissionalmente e/ou politicamente nenhuma pessoa, porque essa não é a função primordial do jornalismo responsável e comprometido com o desenvolvimento humano e da sociedade.

11- Diante do exposto solicito o direito de resposta na qualidade de responsável pela Empresa Brasília Futebol Academia – BFA, ficando a inteira disposição para qualquer esclarecimento a respeito dos contratos firmados entre a parte e o São Paulo Futebol Clube.

Brasília, 25 de Abril de 2016.

Écio Antunes Morgado

 Nota do blog

O blog mantém as informações que publicou e esclarece que não afirmou que Écio manteve escola pirata com o São Paulo. Escreveu que Edson Lapolla, diretor de marketing são-paulino, concluiu pelo relato de Nailde que ela fez gastos pensando que administrava escolinha oficial do clube, mas que na verdade (segundo a conclusão do cartola), se tratava de uma unidade pirata por não ter contrato com o São Paulo. O post, porém, mostra que a escola de Écio tem contrato com o clube que a autoriza explorar outras unidades no Distrito Federal, como a de Nailde.

Na nota enviada, Écio não respondeu por qual motivo Cinira se envolveu na negociação.

Nota enviada pela assessoria de imprensa de Lucão.

O atleta Lucão, ao contrário do que foi citado na matéria, não foi formado pelo Brasília Futebol Academia, sendo posteriormente enviado ao São Paulo FC.

Antes de integrar as categorias de base do São Paulo FC Lucão treinava na escolinha de futebol do Iate Clube de Brasília.

O Sr. Écio Antunes era, à época, funcionário do Iate Clube e contato do representante do São Paulo FC em Brasília.

Lucão nunca teve passagem ou qualquer vínculo com o Brasília Futebol Academia.

Atualmente, quando visita a cidade onde ainda tem parentes, Lucão é convidado e participa de atividades sociais, geralmente palestras para jovens, em várias escolinhas e clubes, incluindo o Brasília Futebol Academia, Iate Clube entre outros.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone