Blog do Perrone

Apesar de otimismo, ainda falta consenso sobre valores para Pablo renovar

Perrone

Com Dassler Marques, do UOL, em São Paulo

Pablo, seu estafe e a diretoria do Corinthians estão otimistas quanto as chances de renovação de contrato do zagueiro por quatro anos, apesar de o empréstimo feito pelo Bordeaux terminar em dezembro. Porém, ainda há divergências entre as partes a serem solucionadas.

A primeira delas é que o estafe do jogador considera que já apresentou sua pedida para renovação. É a mesma feita quando Fernando César, agente do atleta, sugeriu que no ato do empréstimo fossem colocados no acordo os novos valores de salários e luvas para o caso de o Corinthians comprar os direitos econômicos dele. A diretoria alvinegra admite que soube desse desejo verbalmente, mas não o considera como uma proposta oficial. Espera que ela seja apresentada formalmente no próximo encontro, ainda sem data definida.

''Na reunião (no último sábado) eu falei que a nossa proposta continua a mesma de quando ele foi emprestado. O clube ficou de pensar e me responder depois de que eu voltar de viagem'', disse Fernando ao blog.

Só que a diretoria corintiana entende que ficou claro no encontro que o clube tem limites financeiros e que eles serão superados caso a pedida seja mantida. Por isso existe a expectativa de apresentação de uma proposta mais baixa por parte do representante de Pablo.

Os valores estão sendo mantidos em sigilo.

A situação de Pablo interfere na de Guilherme Arana, que interessa ao Bordeaux. O time francês autorizou Corinthians e Pablo a conversarem sobre renovação porque pretende dar os direitos do zagueiro como parte do pagamento pelo lateral. Para ficar com o beque, o Corinthians teria dar 3 milhões de euros. Os franceses estão dispostos a dar os direitos de Pablo e mais cerca de 9 milhões por Arana, como revelou o blog.