Blog do Perrone

Corinthians vive indefinição sobre Pablo após recuo do Bordeaux

Perrone

Com Dassler Marques, do UOL em São Paulo

Após confirmar a prorrogação do empréstimo de Pablo pelo Bordeaux por mais seis meses, o Corinthians agora vive incerteza em relação a situação do zagueiro. Por meio de um telefonema, conforme apurou o blog, o clube francês informou que não tem mais interesse no negócio. Assim, para ficar com o jogador após dezembro, quando termina o acordo atual, o alvinegro terá que pagar 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões). Além disso, precisa desembolsar essa quantia se outro clube fizer oferta oficial pelo atleta na janela europeia de transferências, aberta atualmente.

Mas a direção corintiana não considerou o comunicado oficial e espera ser procurada de maneira formal pelos franceses para saber se o acordo selado anteriormente será assinado. Chegou a haver troca de documentos para sacramentar a prorrogação do empréstimo.

Apesar da reviravolta, a diretoria alvinegra não demonstra preocupação. O discurso é de que o Bordeaux sugeriu esticar o empréstimo até julho de 2018. Assim, a desistência não muda o plano inicial que erar comprar os direitos do beque no final de 2017. Os corintianos afirmam não haver motivo de pressa para definir a situação, principalmente por já haver um acordo com os franceses para a compra em definitivo. O trato, porém, não foi assinado por divergência na forma de pagamento de luvas ao jogador e comissão para o agente Fernando César. O Corinthians no entanto, chegou a confirmar que tinha havido consenso com o empresário, que não se pronunciou sobre o assunto.

Apesar da calma corintiana, Pablo interessa a outros clubes brasileiros que podem se aproveitar da demora. Agente brasileiro com trânsito no Bordeaux diz que o Flamengo é um dos que tem interesse no zagueiro para a próxima temporada. O time da Gávea não confirma a informação.