PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Desejado pelo SP, Walter tem luvas atrasadas para receber do Corinthians

Perrone

01/08/2017 04h00

Com Dassler Marques, do UOL, em São Paulo

O goleiro Walter em treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Alvo de interesse do São Paulo, o goleiro Walter tem dinheiro de luvas atrasadas para receber do Corinthians. A informação foi confirmada por Emerson Piovezan, diretor financeiro do alvinegro.

O dirigente não revelou valores, porém, a reportagem apurou que pelas contas do clube a dívida é de aproximadamente R$ 500 mil referentes a duas parcelas atrasadas. Pela versão corintiana, a última prestação venceu nesta segunda. Os pagamentos são semestrais.

A diretoria planeja pagar o débito integral com o goleiro até o final desta semana.

O atraso já existia quando o empresário do goleiro, Júlio Fessato, apresentou oferta do São Paulo pelo reserva de Cássio. O clube do Morumbi no entanto nega ter enviado a proposta. O Corinthians descarta vender o goleiro, principalmente por entender que seu titular pode ser convocado para a seleção brasileira e desfalcar a equipe.

O agente de Walter assegurou ter proposta tricolor de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões) pelo goleiro. Ao descartar a transferência, a direção corintiana prometeu ao goleiro prorrogar por mais um ano seu contrato, válido até 2019, com direito a um aumento. O diretoria diz que o reajuste é por méritos de Walter e não pelo interesse do rival.

Entre os que convivem com Walter há quem diga que ele quer se transferir para poder atuar e evoluir na carreira. Mas os cartolas alvinegros negam que o reserva tenha pedido para sair. A alegação é de quem quer a transferência é o empresário Fernando Garcia, ex-conselheiro corintiano. Uma das empresas dele, a LF Assessoria Esportiva, tem 80% dos direitos econômicos do atleta. Outros 15% pertencem à empresa do agente do goleiro. Eles adquiriram as porcentagens quando essa operação era permitida pela Fifa.

O blog telefonou para Garcia, mas ele não atendeu às ligações.

O Corinthians tem apenas 5%. Mas, como só o clube pode assinar a transferência, os cartolas dão o caso como encerrado, assegurando que Walter não será negociado agora.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone