Blog do Perrone

Em noite de recaída, Corinthians vence com ajuda inesperada de G. Augusto

Perrone

Depois da boa atuação na vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras no último domingo, o torcedor corintiano esperava que o time deslanchasse na reta final do Brasileiro. Porém, no triunfo por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, em Curitiba, o time de Fábio Carille repetiu antigos erros. Especialmente no meio-campo.

Houve excesso de passes errados e de ligações diretas da defesa para o ataque. As defeituosas trocas de bola expuseram a equipe seguidamente a contra-ataques.

Clayson não foi o mesmo do clássico. Rodriguinho foi o mesmo de antes do jogo com o Palmeiras. Com os dois em baixa o meio-campo pouco produziu.

Para piorar, Maycon voltou a ter fraca atuação, errando passes e marcando mal.

Pelo menos, acabou a sequência de gols sofridos pelo alvinegro a partir de cruzamentos.

Quando o empate se desenhava como bom negócio para um visitante com desempenho tão fraco, a solução veio de quem a Fiel pouco esperava. Em seu primeiro lance depois de sair da reserva, Giovanni Augusto marcou o gol da vitória aos 32 minutos do segundo tempo. Ele é um dos jogadores mais criticados pela torcida no elenco, tem sido pouco aproveitado e pela primeira vez balançou as redes neste Brasileirão.

Com o resultado, o Corinthians ficou mais perto do título brasileiro. Mas, pelo que se viu no Paraná, os últimos jogos do time na competição podem fazer a torcida sofrer mais do que esperava ao final do primeiro turno.