Blog do Perrone

Raí usa polêmica com fair play de R. Caio ao defender novo perfil para SPFC

Perrone

Na última segunda (11), Raí fez uma apresentação ao Conselho de Administração (CA) do São Paulo. Ele explicou seus conceitos e planos como dirigente remunerado do futebol tricolor. O ex-jogador falou sobre a importância de a agremiação ter um perfil definido e de escolher atletas que se encaixem nesse modelo. Também mostrou simpatia por atrair empresas para a administração do clube.

De acordo com integrantes do CA, o novo cartola lembrou que em seu tempo de jogador o clube tinha um perfil conhecido por todos. Assim, quem chegava ao Morumbi sabia exatamente como se comportar dentro e fora de campo, mas que hoje não há mais essa identidade definida.

Ao se explicar, ele usou a polêmica causada pela demonstração de fair play de Rodrigo Caio no Campeonato Paulista. Em jogo contra o Corinthians, o zagueiro avisou ao juiz que Jô não havia cometido falta. O árbitro voltou atrás e retirou o cartão amarelo que deixaria o atacante fora do jogo seguinte do mata-mata. A atitude do beque desagradou ao então treinador do time, Rogério Ceni. Parte dos atletas também ficou descontente.

Segundo os conselheiros presentes, Raí afirmou que se o São Paulo tivesse um perfil bem definido, Rodrigo Caio saberia como agir no lance e não geraria polêmica no clube. Ou seja, o atleta já adotaria uma conduta padrão determinada pelo São Paulo. Pelos mesmos relatos, o dirigente não comentou se aprovou ou reprovou a atitude do zagueiro.

O ex-meia ainda discursou sobre entender ser necessário fazer com que todos os jogadores voltem a ter orgulho de jogar pelo São Paulo. Para isso, o plano é dar publicidade aos pontos positivos do clube.

Ele também falou sobre estratégias para aproximar grandes empresas da administração são-paulina. Nesse ponto citou casos europeus. Na Alemanha, por exemplo, o Bayern tem entre seus acionistas Audi, Adidas e Allianz.

O blog tentou ouvir Raí por meio da assessoria de imprensa do clube, mas não obteve sucesso.