Blog do Perrone

Abelhas em banco corintiano e agressão com lixeira escapam do TJD

Perrone

Abelhas infestando o banco de reservas do Corinthians e uma equipe de rádio sendo agredida por torcedor do Palmeiras com uma lixeira. Essas duas imagens marcantes da final do Campeonato Paulista devem ficar fora do julgamento no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) sobre as ocorrências da polêmica decisão.

Em sua súmula, o juiz Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza citou até que foi informado pelo quinto árbitro, Alberto Poletto, de que um helicóptero com o escudo do Corinthians sobrevoou o Allianz Parque, mas não escreveu uma linha sobre as abelhas. Por causa delas, os corintianos tiveram que se sentaram longe da parte coberta.

Segundo Antônio Olim, presidente do TJD, quem relatou o episódio foi o delegado da partida, Agnaldo Vieira. Porém, o membro do tribunal não vê motivos para o caso entrar na pauta do TJD. ''Consta que foi chamado o Corpo de Bombeiros, que não conseguiu tirar todas as abelhas de lá. Mudaram o banco de lugar por causa disso. Pelo que entendi, algumas abelhas se criaram ali, ele não relata nada de anormal'', declarou Olim ao blog.

Sobre a lixeira arremessada em radialistas depois do jogo por um torcedor alviverde, o presidente do TJD disse que não houve comunicado ao órgão. As imagens circularam em redes sociais. ''Se alguém fizer uma representação e enviar as imagens para o tribunal, o caso vai ser analisado'', afirmou Olim.