Blog do Perrone

Em meio à saída de Carille, perda de observador preocupa Corinthians

Perrone

Em meio à saída de Fábio Carille, a iminente perda do observador técnico Mauro da Silva provoca grande preocupação à diretoria do Corinthians. Membro da direção e um colaborador do departamento de futebol disseram ao blog que a ida do observador para a Arábia já é certa e causa em ambos até mais preocupação do que a transferência do treinador.

A explicação passa pelo fato de o clube já ter decidido preparar Osmar Loss para comandar a comissão técnica antes de Carille aceitar oferta do Al-Wehda. E vai além de Mauro, convidado para acompanhar  o técnico, ser elogiado no clube pelo seu trabalho de observar atletas que interessam à agremiação. A dificuldade que a direção enxerga em substituir o funcionário e ex-jogador do time é encontrar alguém com capacidade para fazer o mesmo trabalho executado diariamente por ele com elenco e comissão técnica.

Um dos membros mais antigos do departamento de futebol alvinegro, Mauro tinha trânsito com jogadores, estafe técnico, funcionários e conhecia como poucos a engrenagem do CT do clube, na opinião dos que já sentem sua ausência. Constantemente, ele apagava incêndios, apontava focos de problemas no elenco e fazia a ligação entre jogadores e comissão técnica.

Na parte tática, Mauro também era visto como importante. Ele costumava observar as partidas e ir até o vestiário no intervalo para trocar opiniões com Carille.

A manutenção dele era tida como importante para dar suporte a Osmar Loss, que conhece o clube, mas trabalha no time principal faz pouco menos de um ano e meio.

Mesmo diante de toda a importância dada a Mauro, a direção não vê como segurar o profissional, já que ele deve receber na Arábia pelo menos cinco vezes mais do que ganhava no Corinthians.