Blog do Perrone

Treino da seleção mostra preocupação com contra-ataques

Perrone

Em seu primeiro treino na Rússia, na última terça (12), a seleção brasileira voltou a trabalhar a defesa em situações de contra-ataque para o adversário.

Esse tipo de trabalho já tinha sido feito na fase inglesa da preparação.

Numa parte do treinamento, dois atacantes vão pra cima de um defensor. Em outra, as disputas são entre três no ataque e dois na defesa.

Antes das jogadas há uma simulação em que um zagueiro tenta afastar a bola de cabeça.

A repetição  desses lances mostra a preocupação de Tite com a possibilidade de o time falhar na troca de passes e oferecer o contra-ataque ao adversário.

Faz sentido a atenção especial. Pelo menos na primeira fase da Copa da Rússia deve ser uma tônica a pressão brasileira sobre rivais fechados na defesa e loucos por um contra-ataque.