Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Araos e G. Augusto tiveram custos mais altos entre 35 reforços corintianos

Perrone

2018-04-20T19:04:00

18/04/2019 04h00

Foto: Daniel Vorley/AGIF

O balanço financeiro do Corinthians relativo a 2018, aprovado pelo Conselho Deliberativo na última segunda (15), traz uma lista de 35 jogadores contratados pelo clube nos últimos anos com os custos de cada aquisição de direitos econômicos. No topo da relação, no entanto, não está um dos atletas nos quais a Fiel mais aposta para vencer o São Paulo no próximo domingo (21) e levantar o tricampeonato paulista. O líder do ranking é o chileno Ángelo Araos. Sua aquisição, de acordo com o documento, gerou despesa de R$ 20.603.000,00.

Com o segundo maior custo aparece Giovanni Augusto, que tem contrato com o alvinegro até o final de 2019, mas está emprestado ao Goiás. Para comprar 60% dos seus direitos econômicos, os corintianos aceitaram pagar R$ 15.329.000. Em seguida aparece Marquinhos Gabriel, hoje no Cruzeiro. Os 70% de seus direitos econômicos custaram R$ 12.418.000.

A relação não traz a porcentagem dos direitos econômicos de Araos pertencentes ao Corinthians. Internamente, a justificativa para isso é de que foi combinado com a Universidad de Chile, ex-clube dele, que o alvinegro só poderá lançar 100% dos direitos no balanço quando terminar de pagar as parcelas da compra.

Giovanni Augusto foi o segundo com custo mais alto do Corinthians. Foto: Andre Yanckous/AGIF

O parcelamento não está detalhado no documento, porém, o blog apurou que o clube brasileiro pagou uma parcela no ano passado e outra no começo de 2019. Pelo menos mais dois pagamentos serão feitos, um no segundo semestre deste ano e outro em 2020. O contrato do chileno vai até o final de julho de 2023.

Entre dirigentes corintianos existe a avaliação de que Araos ainda enfrenta dificuldades de adaptação, mas que pode vingar e ser negociado sem deixar prejuízo para o clube.

Cássio, maior ídolo alvinegro na atualidade, aparece com o 16º valor mais alto: custo de R$ 2.397.000. Conforme apurou o blog, essa quantia se refere aos gastos de uma  das renovações contrato do goleiro. A lista traz ainda despesa de R$ 19.995.000 referente a outros atletas não especificados. Abaixo, veja reprodução de trecho do balanço corintiano com os custos das contratações.

 

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone