Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

CBF investiga Cruzeiro, sujeito a ser punido com veto a registro de atletas

Perrone

27/05/2019 13h11

A diretoria de Registro, Transferência e Licenciamento da CBF iniciou nesta segunda (27) uma investigação sobre denúncias de irregularidades que teriam sido cometidas pelo Cruzeiro, conforme apurou o blog. As acusações, com documentos, foram apresentadas pelo "Fantástico", da TV Globo, no último domingo.

O clube mineiro teria descumprido regras do Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol da CBF, que segue orientações da Fifa.

Se forem comprovadas as irregularidades, o Cruzeiro pode, entre outras punições, ser proibido de registrar novos atletas por períodos determinados e receber um multa.

De acordo com o "Fantástico", a direção cruzeirense cedeu 20% dos direitos econômicos de dez jogadores para quitar um empréstimo de R$ 2 milhões feito junto ao empresário Cristiano Richard Machado dos Santos. Ao programa de televisão, o clube negou ter cometido irregularidades.

Os regulamentos de transferências da Fifa e das federações nacionais proíbem o repasse de direitos econômicos de jogadores para empresários ou para qualquer um que não seja clube.

Conforme as regras da CBF, caso o departamento de registro encontre indícios de irregularidades, deve ser dado um prazo mínimo de dez dias corridos para o Cruzeiro apresentar suas alegações.

Se a defesa não for suficiente para afastar as suspeitas, um relatório será encaminhado à CNRD (Câmara Nacional de Resoluções e Disputas da CBF), que abrirá um procedimento especial para investigar o caso, com novo direito de defesa.

O regulamento da CNRD prevê como possíveis sanções advertência, censura por escrito, multa, suspensão ou cancelamento do certificado de clube formador, desfiliação (improvável) e veto a registro de jogadores.

Há duas menções a esse tipo de punição. A primeira diz "proibição de registrar novos atletas por um período não inferior a seis meses nem superior a dois anos".

Na segunda está escrito que  uma das sanções pode ser "proibição de registrar novos atletas por um ou dois períodos completos e, se for o caso, consecutivos de registro internacional".

Ou seja, nas duas hipóteses, se for punido, o Cruzeiro pode ser obrigado a ficar um período sem inscrever reforços.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone