Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Opinião: eliminação do SPFC é convite para observar o Bahia

Perrone

2029-05-20T19:23:22

29/05/2019 23h22

Mais do que uma deixa para falar dos problemas do São Paulo, a eliminação do time de Cuca na Copa do Brasil, nesta quarta (29), é um convite para prestar atenção no futebol do Bahia.

Na vitória por 1 a 0, em Salvador, de novo, o time de Roger Machado foi organizado na defesa e perigoso nos contra-ataques rápidos. Foi assim que abriu o placar, com Ernando, quando o São Paulo tinha melhorado na partida, no segundo tempo.

As duas linhas compactas protegendo a zaga e a fome nos desarmes encaminharam a classificação do tricolor baiano. O time da casa teve mais facilidade para executar seu plano de jogo do que o visitante.

Não foi a primeira boa apresentação recente do Bahia, que ganhou duas vezes do São Paulo, uma do Corinthians e outra do Fluminense em pequeno intervalo de tempo.

Ou seja, é uma equipe que pede para ser olhada com carinho, por mais que seja grande a tentação de apontar o dedo para os muitos erros são-paulinos.

Em Salvador, o São Paulo até teve bons momentos, porém foi mais atrapalhado pelo bom desempenho do adversário do que por seus próprios erros. Os principais deles foram as falhas nos passes, finalizações (11 erradas e apenas 3 certas, segundo o site especializado Footstats) e cruzamentos (5 certos e 22 errados) e as bobas perdas de bola (perdeu a posse 43 vezes contra 31 do adversário).

O retrato final do duelo que fez o Bahia avançar na Copa do Brasil é que Roger já tem um estilo de jogo encaminhado, um time preparado para tomar as decisões certas e seguir o plano de jogo. Enquanto isso, Cuca parece ainda não ter dado um rumo à equipe.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone