Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Ministério Público de São Paulo denuncia Najila por fraude processual

Perrone

19/09/2019 17h20

Reprodução

O Ministério Público de São Paulo apresentou nova denúncia contra Najila Trindade em desdobramento da acusação de estupro feita pela modelo contra Neymar, que teve inquérito arquivado. O promotor Luis Guilherme Gomes dos Reis Sampaio denunciou a modelo por fraude processual. Não é possível saber detalhes, pois o caso está sob sigilo.

A denúncia se refere ao artigo 347 do código penal: "inovar artificiosamente, na pendência de processo civil ou administrativo, o estado de lugar, de coisa ou de pessoa, com o fim de induzir a erro o juiz ou o perito". Em caso de condenação há previsão de pena de dois meses a três anos e multa. O blog não conseguiu entrar em contato com Cosme Araújo, advogado de Najila, até a publicação deste post. 

A modelo já havia sido denunciada pelo MP sob as acusações de denunciação caluniosa e extorsão. Teria ocorrido tentativa de extorquir o pai do jogador do PSG. Agora a Justiça vai decidir se aceita as denúncias.

O mesmo promotor denunciou o ex-marido de Najila, Estivens Alves, por fraude processual e por ter repassado fotos dela com conteúdo erótico sem autorização. Procurado, Estivens disse que só poderia falar duas horas mais tarde porque estava em reunião. O blog também procurou Milena Peterle Savio, advogada que até então defendia Estivens. Ela afirmou que deixou o caso. Leia abaixo nota enviada pela assessoria de imprensa da advogada explicando sua decisão.

"A advogada Milena Peterle Savio afirmou nesta quinta-feira que deixou a defesa de Estivens Alves, ex-marido de Najila Trindade, mulher que acusou Neymar de estupro. A decisão foi tomada por motivo de foro íntimo.
– É preciso haver um alinhamento entre advogado e cliente acerca de pontos fundamentais de atuação, o que neste momento não ocorre mais, motivo pelo qual optamos pela renúncia. A petição informando a saída já foi protocolada e deixo, oficialmente, a defesa do Estivens, disse a advogada.
Estivens foi indiciado na quarta-feira por fraude processual e por divulgar material de conteúdo erótico de sua ex-mulher para um repórter em troca de publicações suas na internet.
Antes de Milena Peterle, Estivens teve ao seu lado o advogado Roberto Gustatelli."

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone