Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

S. Caetano tem verba de vendas penhoradas. Novato de Tite está na lista

Perrone

20/09/2019 20h48

Com Marinho Saldanha, do UOL, em Porto Alegre

Por conta da execução de uma dívida, a Justiça de São Paulo proibiu o São Caetano de receber receitas de vendas de direitos econômicos de seus jogadores até que o valor do débito seja atingido. Nesse período, os depósitos devem ser judiciais. A medida alcança a verba referente à negociação de percentuais relativos ao volante Matheus Henrique com o Grêmio, clube pelo qual ele se destaca. O meio-campista foi convocado nesta sexta (20) como uma das novidades de Tite para os dois próximos amistosos da seleção brasileira.

Eventuais compradores de atletas do Azulão devem depositar o dinheiro em uma conta judicial até que a quantia chegue a R$ 4.113.271,33. Esse é o valor cobrado pela MS Business Solutions, empresa que entrou com a ação de execução contra o São Caetano, em abril de 2018. O  clube pode recorrer, mas não se pronunciou até a publicação deste post por meio de sua assessoria de imprensa, procurada pelo blog.

A penhora também atinge os direitos do meio-campista Nonato, emprestado pelo clube paulista ao Internacional com opção de compra. Na última quarta (18), um dia após penhorar todos os direitos econômicos que o São Caetano possui, o juiz Paulo Rogério Santos Pinheiro, da 17ª Cível de São Paulo, complementou decisão referindo-se especificamente a Matheus Henrique e Nonato. Para tanto, ele alega que a compra de direitos econômicos dos dois está sendo feita junto ao São Caetano.

Na ação, a MB Solutions alega que o clube paulista, que pode recorrer, não pagou valor combinado em distrato de parceria dos direitos econômicos de Andreson Wanderllan Moraes Rodrigues, o Pimentinha, contratado em agosto pelo Paraná Clube. Segundo a credora, o acordo, assinado em setembro de 2014, era para o pagamento de 26 parcelas mensais de cerca de R$ 46,1 mil, mas o trato não foi cumprido, segundo sua versão. A cobrança atual se refere ao valor corrigido.

Internacional e Grêmio informaram que ainda não foram notificados. O tricolor ainda afirmou que a decisão não o afeta porque os contratos de compra e venda, nesses casos, continuam valendo. Se a notificação chegar antes da data do pagamento ser feito para o São Caetano, o depósito será na conta judicial. Caso contrário, o time paulista receberá diretamente o dinheiro.

Em relação a Nonato, o Inter tem até dezembro para pagar R$ 2,3 milhões e comprar 50% dos direitos econômicos do jogador vinculados à equipe do ABC Paulista.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone