Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Sob pressão, Mattos responde a questões de grupo de conselheiros em reunião

Perrone

23/10/2019 20h47

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo

Pressionado no cargo, Alexandre Mattos encarou perguntas de conselheiros do Palmeiras numa reunião com cerca de 50 membros do Conselho Deliberativo na última terça (22). O encontro foi marcado pelo presidente Maurício Galiotte, que deu preferência a membros da situação ao fazer os convites. Mesmo assim, aconteceram questionamentos críticos. Além do diretor de futebol, foram convocados para detalhar o funcionamento do departamento de futebol chefes de áreas.

Membro do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), Carlos Degon, foi um dos mais críticos nos questionamentos ao dirigente, conforme apurou o blog. O conselheiro mostrou descontentamentos pontuais em relação à gestão de Mattos, principalmente no que diz respeito ao desempenho esportivo palmeirense. Procurado pelo blog, Degon afirmou que só se manifesta sobre questões internas no Conselho Deliberativo. Mattos também não quis falar sobre o tema.

O dirigente fez uma apresentação a respeito das atividades do futebol alviverde. Em clima pacífico, ele e outros membros do departamento responderam a questões sobre reforços criticados, jogadores lesionados e custos das contratações, entre outras perguntas. Mattos respondeu até sobre comparações entre reforços palmeirenses e flamenguistas. O cartola afirmou entender que trouxe atletas de alto nível para esta temporada.

Outro questionamento feito foi sobre o diretor remunerado ter alugado dois apartamentos para membros da comissão técnica que tiveram pedidos de reajustes em seus auxílios-moradia feitos por ele, como revelou o blog. Mattos nega haver conflito de interesses nesse ato.

Entre os presentes para falar com os conselheiros também estavam Galiotte, Gustavo Nicoline, analista de desempenho, Gustavo Magliocca, médico, Jomar Ottoni, coordenador de fisioterapia, Cícero Souza, gerente de futebol, e João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base.

Para pelo menos dois membros da diretoria, a reunião foi feita numa tentativa de aliviar a pressão sobre Mattos, já que conselheiros situacionistas e oposicionistas cobravam explicações do dirigente, além de criticá-lo. Por essa lógica, o cartola ganhou uma chance de se defender pessoalmente das críticas e tentar mudar a opinião de pelo menos parte dos descontentes. Há até uma corrente que quer uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo para debater a questão dos aluguéis e outros temas envolvendo o diretor.

No entorno de Galiotte, no entanto, essa versão é negada. A explicação é de que o presidente entende que a maioria dos conselheiros não sabe como funciona o departamento de futebol e decidiu, faz cerca de duas semanas, convocar os funcionários para apresentarem os procedimentos adotados no clube.  Por essa versão, o foco não era só sobre Mattos, por isso outros funcionários compareceram e responderam a questões.

Por meio do departamento de comunicação do Palmeiras, o presidente afirmou que não se manifestaria sobre o tema. Outras reuniões com mais conselheiros deverão acontecer.

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone