Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

No Corinthians, Nunes terá missão de usar mais a base do que Carille

Perrone

05/11/2019 13h31

Acertado com o Corinthians para treinar a equipe na próxima temporada, Tiago Nunes terá a missão de aproveitar mais os jogadores das categorias de base do clube. Esse é um dos desejos da direção corintiana.

Os cartolas avaliam que o ainda comandante do Athletico tem mais facilidade para trabalhar com jovens do que Fábio Carille, seu antecessor. Isso ajudou em sua escolha. Outra qualidade que os dirigentes enxergam em seu próximo treinador é obter bons resultados sem contratações que estejam entre as mais caras do futebol brasileiro.

Com orçamento menor do clubes como Flamengo, Palmeiras e o próprio Corinthians, ele levou o time paranaense às conquistas da Copa Sul-Americana, em 2018, e da Copa do Brasil, em 2019.

Tanto o trabalho com as categorias de base como o com contrações menos caras são considerados fundamentais em Itaquera por conta das severas dificuldades financeiras enfrentadas pelo alvinegro. Vale lembrar que, ao falar sobre a fragilidade de seu ataque, Carille citou reforços que não chegaram por questões financeiras, como Rodriguinho, Gabigol e Roger Guedes. Para o ano que vem, a prioridade do Corinthians continuará sendo trazer jogadores sem grandes custos com direitos econômicos.

Porém, a aposta de que Nunes pode conquistar títulos com os recursos disponíveis e sua habilidade com jovens, não foi a principal motivação para o alvinegro ir atrás dele. Como mostrou o UOL Esporte, o maior atrativo visto no treinador é o estilo ofensivo que ele montou no Athletico. A diretoria quer romper com a filosofia defensiva implantada por Carille.

O Corinthians já se conforma em ter o novo treinador apenas após o termino do Brasileiro, deixando Coelho com a prancheta até lá. Porém, ainda não desistiu de que a saída de Nunes do Furacão seja antecipada.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone