PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Quanto vale Pedrinho? Cartolas corintianos miram valores diferentes

Perrone

31/01/2020 04h00

Apesar de a participação de Pedrinho no pré-olímpico da Colômbia com a seleção brasileira sub-23 ter aquecido as sondagens pelo jogador, os valores cogitados por interessados ficou longe da meta inicial estipulada pelo Corinthians. O discurso era o de que ele não seria vendido por menos de 30 milhōes de euros (aproximadamente R$ 139,5 milhōes).

Só que em nenhuma das sondagens feitas em relação ao jogador os interessados chegaram perto desse montante.

Assim, o Corinthians reduziu seu apetite e decidiu que bate o martelo por 20 milhões de euros (cerca de R$ 93,9 milhōes). Esse é o valor pedido ao Benfica. O alvinegro aguarda uma resposta.

Mas, com a janela de transferências em importantes centros europeus terminando até o final deste mês, há diferentes opiniões entre os cartolas corintianos sobre por quanto vale a pena vender Pedrinho.

Uma corrente, que conta principalmente com gente da diretoria de futebol, entende que o mercado já sinalizou que não chegará aos sonhados 30 milhões de euros. Por isso, os 20 milhōes de euros são considerados satisfatórios.

Mas há também quem acredite que o clube deve bater o pé e não aceitar uma oferta inferior ao valor almejado anteriormente. O argumento é de que, como o alvinegro tem 70% dos direitos econômicos, uma negociação por menos de 30 milhões de euros representaria entrada de dinheiro nos cofres inferior ao que o potencial do jogador sugere. Ou seja, seria melhor manter Pedrinho, acreditar em sua evolução e esperar  por ofertas mais altas na janela do meio do ano.

No entorno do meia-atacante o sentimento é de que Pedrinho não deve ter pressa para se transferir. A expectativa de seu estafe é de um ano promissor sob o comando de Tiago Nunes no Corinthians e com a eventual participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Apesar das diferentes análises, não há conflito entre os dirigentes. É consenso que a decisão é exclusiva de Andrés Sanchez.

Acertar uma grande transferência de jogador é importante para o Corinthians por conta de suas dificuldades financeiras.

Pedrinho já acertou a renovação de seu contrato, que termina no final do ano, mas só vai assinar o novo compromisso, válido até dezembro de 2023, após a participação no pré-olímpico.

A multa rescisória continuará sendo de 50 milhões de euros (cerca de R$ 232,5 milhōes), no entanto, o jogador terá um aumento substancial.

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone