PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Em aniversário, R. Gaúcho ganha bolo de advogado e apoio de chefe da prisão

Perrone

22/03/2020 04h00

A comemoração pelo aniversário de 40 anos de Ronaldinho Gaúcho, neste sábado (21), foi discreta na prisão em que ele se encontra em Assunção, no Paraguai. A informação é de Blas Vera, administrador do quartel e presídio em que o brasileiro está e foi confirmada pela defesa do ex-jogador ao blog.

"Não teve nada especial, ele só ganhou um bolo de um advogado que veio de manhã e ficou uns cinco minutos", disse Vera.

Veja também:

No Paraguai, Ronaldinho Gaúcho faz aniversário na prisão e preso às decisões do irmão

Defesa de Ronaldinho vê divergência entre advogados empenhados na causa

O mimo foi levado por um dos defensores paraguaios de Ronaldinho e seu irmão Assis, que também está preso. Sérgio Queiroz, advogado brasileiro dos ex-jogadores, foi visitá-los pela manhã.

Segundo o administrador da "Agrupación Especializada de la Policia Nacional" não houve nem um jogo de futebol para celebrar a data.

"Aqui está tudo parado, ninguém jogou bola. Estamos concentrados em combater o novo coronavírus. Para você ter uma ideia, temos quatro cozinheiros, mas só dois estão vindo trabalhar por medida de segurança", afirmou  Vera.

Como mostrou o blog, desde a última quarta o quartel e presídio proibiu a entrada de visitantes. Os presos só podem receber seus advogados.

"Mas Ronaldinho, recebeu uma visita no dia de seu aniversário que não foi de advogado. Foi do chefe da Agrupación, eu. Ele e Assis estão bem. Desejei força a Ronaldinho e disse a ele que tudo vai se resolver logo", contou o administrador.

Os irmãos estão em prisão preventiva por conta da acusação de portar e usar documentos paraguaios falsos para entrarem no país.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone