PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Neymar é o jogador mais prejudicado pela parada por conta do Covid-19

Perrone

19/03/2020 14h52

Na opinião deste blogueiro, no futebol mundial, Neymar é o jogador que mais sai perdendo com a suspensão das competições por conta do combate ao novo coronavírus. Principalmente em relação a Champions League.

a interrupção acontece justamente na primeira temporada em que o brasileiro parece ter chances reais de liderar o PSG a conquista do almejado título europeu.

Sem lesões e sem carnaval, ele estava voando em campo no momento da paralisação. Liderou o time francês na classificação às quartas de final contra o Borussia Dortmund e acumula três gols e duas assistências em três partidas pela Liga dos Campeões, segundo dados do site especializado "WhoScored".

Para todo jogador, a sequência de partidas é importante. Não se sabe como os grandes atletas que atuam na Europa vão voltar após esse período. E ninguém tem ideia de quanto tempo irá durar a suspensão das competições.

Neymar muitas vezes durante sua carreira demonstrou ser um craque muito influenciável por sua condição emocional. Para o bem e para o mal. Parecia haver recuperado a motivação de jogar pelo PSG. Demonstrava estar comprometido com time. Não dá para saber se ele retornará com essa confiança e com a mesma concentração.

Além disso, o brasileiro vem de temporadas em que foi prejudicado por problemas físicos. Agora ele estava em forma. Só precisava aproveitar o embalo.

O brasileiro vinha construindo um caminho que o colocava em boas condições de brigar pelo título de melhor do mundo na temporada.

Pode ser que ele volte aos gramados tão bem quando saiu. O que vai acontecer é uma incógnita. Mas é possível afirmar que a tendência, se não houvesse interrupção dos campeonatos, era de que ele continuasse brilhando.

Agora cabe a Neymar ter força mental e física para se manter no auge mesmo sem jogar. A tarefa é difícil para quase todos os atletas. Para mim, só não é tão complexa quando se trata do obcecado Cristiano Ronaldo. 

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone