PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Casos de Covid-19 quase dobraram em Porto Alegre desde que times voltaram

Perrone

27/05/2020 09h07

Desde que Grêmio e Internacional voltaram aos treinos físicos, com permissão da prefeitura, os casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Porto Alegre quase dobraram. O mesmo aconteceu com o número de óbitos por Covid-19 registrados na cidade.

O retorno das equipes de futebol ao trabalho, com restrição e medidas sanitárias, junto com a retomada de outras atividades, por meio de decreto municipal, foi um marco no relaxamento do distanciamento social para combater a pandemia no município.

Atletas dos dois clubes retornaram ao trabalho no último dia 5, quando tinham sido registrados 537 casos de pessoas contaminadas pela Covid-19 em Porto Alegre, de acordo com gráfico disponível em boletim produzido pela Secretaria Municipal de Saúde. O mesmo documento apontava que até as 17h desta terça o número de infectados havia subido para 1049.

Nesta terça, o gráfico apontava que desde a volta dos rivais aos treinos o número de óbitos por Covid-19 na cidade passou de 17 para 32.

Especialistas na área da saúde demonstram preocupação com o aumento de casos e atribuem o crescimento principalmente ao relaxamento das medidas de distanciamento social. No último dia 19, novo decreto municipal autorizou outros estabelecimentos a funcionarem com restrições, como shoppings e restaurantes.

De acordo com o site da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação em leitos de UTI para adultos na capital era de 75% até as 8h05 desta quarta (27). Já a taxa de ocupação de leitos fora de UTI para adultos infectados pelo novo coronavírus era de apenas 10,6%.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone