PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

Prefeito de Manaus recebe respostas de Portugal, Países Baixos e Singapura

Perrone

12/05/2020 04h00

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

Até o final tarde desta segunda (11), apenas Portugal, Países Baixos (Holanda) e Singapura tinham respondido ao pedido de ajuda para Manaus no combate à pandeia do novo coronavírus feito a 21 países pelo prefeito Arthur Virgílio Neto. Além dos três, o Líbano, que não recebeu a solicitação de apoio, também manifestou a intenção de colaborar. A informação é da Secretaria de Comunicação da capital do Amazonas, que foi indagada sobre o tema pelo blog.

No último dia 5, Virgílio havia enviado cartas e vídeos a embaixadas pedindo ajuda e dizendo precisar de remédios, tomógrafos, EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e médicos. Segundo nota enviada pela prefeitura, Portugal, Países Baixos, Singapura e Líbano entraram em contato para saber as necessidades da capital do Amazonas e receberam uma lista de sugestões, que não foram detalhadas no comunicado.

Além desses países, a equipe da ativista ambiental sueca Greta Thunberg respondeu ao pedido do prefeito e avalia uma maneira de ajudar, segundo a nota da Secretaria de Comunicação.

A solicitação em tom dramático também foi enviada para França, Estados Unidos, Israel, Itália, Japão, Canadá, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Nova Zelândia, Suécia, Suíça, Noruega, Taiwan e Emirados Árabes Unidos, Áustria e Alemanha.

Abaixo, leia na íntegra a nota enviada pela Secretaria de Comunicação de Manaus.

"A Prefeitura de Manaus informa que nesta semana, após pedidos de ajuda para Manaus, feitos pelo prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, que é diplomata de carreira, já recebeu retorno de Portugal, Países Baixos, Singapura e Líbano (mesmo sem pedido direto), que entraram em contato para saber a real necessidade da capital do Amazonas para amenizar os impactos do novo coronavírus, principalmente na área da saúde e já receberam por parte do município uma lista com sugestões. Além disso, a equipe da ativista Greta Thunberg também retornou e já se prontificou a avaliar uma forma de ajudar.

Enquanto isso, o prefeito Arthur Virgílio segue tomando medidas que incentivem o isolamento social em Manaus e trabalha, em parceria com a iniciativa privada, para reforçar a capacidade de atendimento do hospital de campanha do município, que esta semana chegou a 130 leitos em funcionamento ocupados, sendo 39 de UTI. O hospital tem capacidade para chegar a 279 leitos. Uma clínica de saúde da família também foi inaugurada a poucos metros do hospital para ajudar a atender pessoas com sintomas de síndromes gripais e funcionar como triagem.

Mais de 350 profissionais atuam no hospital de campanha do município Gilberto Novaes. Além do corpo técnico da área da saúde, como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, nutricionistas, somam-se a esses profissionais trabalhadores das áreas administrativas, serviços gerais, motoristas de ambulâncias, maqueiros, seguranças, entre outros, que diariamente estão desenvolvendo suas atividades na unidade hospitalar.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone