PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Empresa cobra São Paulo por operação com Luis Fabiano

Perrone

26/06/2020 04h00

A empresa Kirin Soccer, do agente Joseph Lee, entrou com ação na Justiça para cobrar R$ 206.271,22 do São Paulo por uma operação envolvendo Luís Fabiano.

A Kirin alega que, em 2015, durante a gestão de Carlos Miguel Aidar no clube do Morumbi, negociou a cessão do direito de preferência de compra de Luis Fabiano com o Fenerbahçe. Seus advogados alegam que a agremiação tricolor ficou de pagar 35 mil euros de comissão pelo serviço.

O valor corresponde a 10% dos 350 mil euros que o clube turco se comprometeu a pagar para ser prioritário numa eventual negociação do atacante.

Pelo trato, o São Paulo ficava obrigado a informar os turcos se recebesse uma oferta por Luis Fabiano. Por sua vez, o Fenerbahçe poderia fazer a contratação nas mesmas condições da proposta apresentada por outro time.

Na inicial, datada de 22 de junho, os advogados da empresa convertem os 35 mil euros para R$ 206,2 mil.

A Kirin argumenta que o São Paulo não pagou nem parte do valor combinado. Luis Fabiano não foi comprado pela equipe turca, mas a empresa sustenta que realizou o seu trabalho de negociar a preferência.

"Pois bem, passando por severa crise financeira e política, o SPFC buscou a requerente (Kirin) para que, em seu benefício, prospectasse oportunidades de negócios no mercado global,
preferencialmente, à época, envolvendo a transferência do atleta Luis Fabiano Clemente para alguma entidade de prática desportiva com sede no exterior, visto que seu contrato especial de trabalho desportivo estava prestes a expirar", escreveram os advogados da empresa na ação.

De acordo com o departamento de comunicação do São Paulo, o clube "não foi intimado na ação e se manifestará nos autos".

Até ontem, a Justiça não havia analisado o pedido de cobrança, que inclui juros e correção monetária.

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Blog do Perrone