Blog do Perrone

Arquivo : Atlético-MG

Sugestão de estafe de Luan agrada ao Atlético-MG, mas não ao Corinthians
Comentários Comente

Perrone

Na tentativa de destravar a negociação entre Corinthians e Atlético-MG por Luan, o estafe do jogador sugeriu que o Galo aceitasse R$ 4 milhões e mais 15% dos direitos de um atleta da equipe paulista a ser definido. O Galo topa vender sua parte por essa quantia, mas avalia que, se tiver a participação em algum corintiano, é mais interessante receber o escolhido por empréstimo.

O novo modelo de negócio pouco adiantou. O Corinthians continua considerando o valor alto e não se mexeu. Um dos problemas é que os direitos de Luan são fatiados. Ou seja, além dos R$ 4 milhões para o Atlético, o clube de Andrés Sanchez teria que acertar a compra do restante. Os mineiros, porém, não falam publicamente sobre qual sua porcentagem.

“Os valores passados não são viáveis para a contratação”, disse o diretor de futebol da agremiação paulista, Duílio Monteiro Alves, em entrevista coletiva nesta terça (8). No entanto, ele não detalhou a negociação

A primeira tentativa corintiana foi com uma oferta de 3 milhões de euros (cerca de R$ 12,7 milhões). A equipe de Belo Horizonte não aceitou e tentou envolver o corintiano Clayson na negociação, porém não houve acerto com o jogador o que emperrou as tratativas.

Com Thiago Fernandes, do UOL, em Belo Horizonte


Palmeiras e Flamengo no topo. As projeções para 2019
Comentários Comente

Perrone

Palmeiras e Flamengo são disparadamente favoritos para vencer o Brasileirão. Também estão entre os candidatos ao título da Libertadores, mas com menos vantagem sobre outros concorrentes. O formato de mata-mata dá mais chances a times com elencos menos robustos de encarar os melhores.

Ainda bem organizados, Grêmio, Cruzeiro e Internacional serão muito fortes nas Copas. Ou seja, estão na briga pela Libertadores.

Com Hernanes e Pablo o São Paulo ganha força para brigar por todos os títulos que disputar. O problema, na opinião deste blogueiro, é a inexperiência de André Jardine. Controlar o vestiário, tenso em 2018, será uma prova de fogo para o novato

O Corinthians enfrentará mais um ano de reestruturação. Até agora, Ramiro é seu reforço mais interessante. Forte candidato ao título da Copa do Brasil. Se vencer o Brasileirão surpreenderá este blogueiro.

Atlético-MG também é forte candidato ao título da Copa do Brasil. Para brigar por Libertadores e Brasileirão precisa se reforçar.

Sampaoli precisará de tempo e de uma organização fora de campo que o Santos não teve na última temporada. Sem uma boa estrutura e reforços de qualidade será difícil pensar em algo além da Copa do Brasil.

Botafogo, Fluminense e Vasco começam o ano sem mostrar nada que que dê esperança de títulos para suas torcidas.


Mesmo com impasse, estafe de Luan vê chances de ida ao Corinthians
Comentários Comente

Perrone

Apesar do impasse entre Atlético-MG e Corinthians, o estafe de Luan ainda vê possibilidade de um desfecho positivo para a negociação.

A decisão do Galo de não quer mais envolver jogadores corintianos no negócio é vista como reversível no entorno do jogador.

Entre os que trabalham ao lado de Luan pela concretização do negócio a informação é de que o Corinthians vai preparar uma nova oferta envolvendo outro jogador de seu elenco.

Porém, no clube paulista o discurso é de que a negociação está parada por enquanto.

Os mineiros queriam Clayson, mas o atacante não se acertou com o clube. A partir de então, o Galo passou a exigir pagamento exclusivamente em dinheiro.

 

 


Palmeiras topa emprestar Papagaio ao Atlético-MG sem depender de M. Rocha
Comentários Comente

Perrone

O Palmeiras está decidido a emprestar o atacante Papagaio, de 19 anos, para o Atlético-MG, independentemente do acerto pela permanência de Marcos Rocha no time paulista.

Na avaliação do alviverde, o jovem goleador terá mais chances de jogar no Galo e de qualquer forma será bom negócio ele ficar um ano defendendo o time de Belo Horizonte.

Ao mesmo tempo, há otimismo em acertar a compra de Rocha, que disputou a última temporada pelo Palmeiras por empréstimo.

Só que a negociação pelo lateral se transformou numa novela que já irrita o estafe do atleta. Conforme apurou o UOL Esporte, há um incomodo com o que é chamado de avanços e recuos do Atlético na negociação.

A operação se arrasta porque a direção atleticana pede 2 milhões de euros (R$ 8,79 milhões) para liberar o lateral, enquanto o Palmeiras tenta reduzir essa quantia. Neste momento, os palmeirenses consideram que a negociação está caminhando bem para um desfecho sem o envolvimento de outros jogadores como forma de pagamento.

Ou seja, Papagaio seria emprestado de maneira independente. A tendência é que o empréstimo seja gratuito.

O novato é valorizado no Allianz Parque, porém a direção alviverde concluiu que ele teria poucas chances para atuar na próxima temporada. Isso porque disputaria posição com Borja, Deyverson e Arthur Cabral.

Ao mesmo tempo, os palmeirenses acreditam que o fato de o Atlético-MG ter no elenco um centroavante de 40 anos, Ricardo Oliveira, pode dar mais oportunidades para Papagaio. A aposta é em momentos de descanso para o experiente atacante.

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo, e Thiago Fernandes, do UOL em Belo Horizonte


Estafe de Luan crê em acerto fácil com Corinthians, se clubes selarem trato
Comentários Comente

Perrone

O estafe de Luan acredita em um acerto fácil dele com o Corinthians, desde que o time paulista e o Atlético-MG entrem em acordo pela transferência. Até o início da noite desta terça (11) as duas diretorias seguiam em negociação.

A ideia de vestir a camisa corintiana agrada ao atleta. Além disso, quem trabalha com o jogador crê que fechar um acordo salarial não será problema, já que ele não tem pretensões distantes do teto atual da equipe paulistana para jogadores. O valor máximo atualmente é de R$ 400 mil (o técnico Fábio Carille deve receber cerca de R$ 500 mil mensais). Conforme apuração do UOL Esporte, Luan ganha R$ 400 mil no Galo.

O Corinthians ofereceu 3 milhões de euros (R$ 13,26 milhões) ao Atlético-MG pelo jogador. Interessados no negócio, os mineiros querem incluir um atleta corintiano na operação.

Em maio deste ano, Luan renovou seu compromisso com o clube de Belo Horizonte até dezembro de 2022.

Reforçar o setor ofensivo do Corinthians está entre as principais metas da diretoria, já que esse foi um dos pontos fracos da equipe de Itaquera no Brasileirão de 2018.

Com Thiago Fernandes, do UOL, em Belo Horizonte

 

 

 


VAR tem simpatia dos primeiros, mas ideia do Inter ainda não decolou
Comentários Comente

Perrone

Pelo menos três dos outros quatro primeiros colocados do Brasileirão são simpáticos à ideia do uso do VAR nas últimas rodadas da competição, como propõe o Internacional. Porém, o projeto do time gaúcho (3º colocado) ainda não decolou.

De seis clubes indagados nesta segunda (29) sobre o tema pelo blog, apenas o Grêmio havia sido procurado pelo presidente do Internacional, Marcelo Medeiros.

O cartola colorado quer entregar um abaixo-assinado para a CBF pedindo o uso do VAR na reta final do Brasileirão.

“Sim (fui procurado pelo Inter). Eles vão fazer um documento. O Grêmio (5º colocado) mantém sua posição inicial de concordância, mas entende que (o assunto) deve passar pelo conselho técnico da CBF”, afirmou o presidente do tricolor gaúcho, Romildo Bolzan.

Ou seja, para a direção do gremista não basta a assinatura, é necessária uma reunião dos clubes da Série A na confederação para aprovar a novidade, o que evitaria eventuais questionamentos futuros.

Líder do campeonato, o Palmeiras também não foi procurado nesta segunda para tratar do tema. Mas, seu presidente, Maurício Galiotte, segue como defensor do uso do VAR o mais rapidamente possível. No entanto, procurada, a assessoria de imprensa do clube disse que a diretoria não comentaria a proposta do Inter.

O Flamengo é outro que não tinha recebido pedido do Internacional para assinar o documento. “Não foi procurado, mas sempre apoiei o VAR”, declarou ao blog Eduardo Bandeira de Mello, presidente do vice-líder do Brasileirão.

Já o São Paulo, quarto colocado, não respondeu sobre o assunto até a publicação deste post.

José Carlos Peres, presidente do Santos, sétimo na classificação do Nacional, também afirmou que não tinha sido procurado pelo Inter. Ele declarou que apoia o uso imediato do VAR “sem dúvida”.

O blog não conseguiu falar com a diretoria do Atlético-MG, que ocupa a sexta posição na tabela.

Fora da briga pelo título e ainda tentando se afastar da zona de rebaixamento, o Corinthians ainda não recebeu pedido para assinar o documento, segundo seu departamento de comunicação. O clube não se posicionou sobre o assunto.

 

 

 

 

 


‘Bom mas desgastado’, Guedes é ‘problema a ser resolvido’ pelo Palmeiras
Comentários Comente

Perrone

Muito bom jogador mas que não serve para o Palmeiras neste momento. Assim é definido Róger Guedes pela direção do clube.

A avaliação é de que o meia está desgastado com parte do elenco, torcida e direção. Nesse cenário, a situação do atacante é tratada como um problema a ser resolvido. A solução preferencial é a venda do jogador, mas o negócio mais viável até agora é a troca por empréstimo de um ano com Marcos Rocha, do Atlético-MG.

Apesar de não ter espaço no elenco, Róger é avaliado pelos palmeirenses como um dos atletas mais cobiçados do time no mercado brasileiro. Além do Galo, o Internacional também se interessa por ele. O Fluminense chegou a aceitar Guedes numa negociação que colocaria Gustavo Scarpa no Palmeiras, mas o atleta não quis ir para as Laranjeiras.

O desgaste que torna inviável o aproveitamento do atacante se deu principalmente pela suposta falta de aplicação dele em treinos. Durante o Brasileirão, ele foi cobrado por jogadores e direção por conta dessa análise. Chegou a ser afastado da equipe para passar por uma reciclagem.

A intenção dos palmeirenses é definir o futuro de Róger nesta semana.

 


Agente fala em sondagem da China por R. Guedes, mas não anima Palmeiras
Comentários Comente

Perrone

Com José Edgar de Matos, do UOL, em São Paulo

Na última terça, Fernando César, agente do zagueiro Pablo, sondou o Palmeiras sobre Roger Guedes. Conforme apurou o blog, o empresário disse para Alexandre Mattos, diretor palmeirense, apenas que há um clube chinês interessado no jogador. Não apresentou uma proposta e nem falou o nome do time. Apenas quis saber da possibilidade de o atacante ser vendido.

A direção alviverde tem interesse em negociar o atleta, mas não se animou com a procura. A avaliação é de que o contato foi muito superficial.

Os palmeirenses acreditam que Guedes vale pelo menos oito milhões de euros. Porém, o clube aceita analisar propostas inferiores. A equipe paulista tem apenas 25% dos direitos econômicos. O restante pertence ao Criciúma.

Paulo Pitombeira, empresário do jogador, diz desconhecer a sondagem feita pelo agente de Pablo.

César não quis dar entrevista ao blog sobre o assunto.

Ao conversar com o agente de Pablo, Mattos não fez proposta pelo zagueiro, fora dos planos do Corinthians para a próxima temporada. O entendimento da diretoria do Palmeiras é de que não há a necessidade de contratar alguém para a posição neste momento. Por sua vez, Pablo recebeu proposta do Atlético-MG.


Pablo recebe proposta do Atlético-MG e gosta da oferta
Comentários Comente

Perrone

Com Thiago Fernandes, do UOL em Belo Horizonte

O Atlético-MG apresentou proposta para o zagueiro Pablo, que não acertou sua permanência no Corinthians. Os valores, mantidos em sigilo, agradaram ao jogador, que tem contrato com o alvinegro paulista até o fim do ano.

Além de esperar o encerramento desse compromisso, o Galo depende do resultado de sua eleição presidencial e de um acerto com o Bordeaux, dono dos direitos econômicos do zagueiro.

O novo presidente atleticano será definido no próximo dia 11. Para a proposta vingar, é necessária a vitória do candidato situacionista Sérgio Sette Câmara. Conforme apurou o blog, os contatos com Fernando César, empresário de Pablo, foram feitos por Alexandre Gallo, que deve ser diretor de futebol remunerado do clube, caso Câmara vença o pleito. Mesmo sem certeza da vitória, o candidato tenta antecipar o planejamento da equipe para a próxima temporada.

Apesar das conversas com o representante do atleta, o Atlético-MG ainda não enviou oferta oficial ao Bordeaux. Isso só deve acontecer depois que houver o acerto verbal com Pablo. O clube francês venderia o zagueiro para o Corinthians por 3 milhões de euros (cerca de R$ 11,4 milhões). Mas não houve acordo principalmente porque Pablo e seu empresário queriam o pagamento de cerca de 40% das luvas à vista, além de outras medidas que diminuíssem o risco de calote.

Procurado pelo blog, César não quis dar entrevista sobre o assunto.

 


Presidente do Santos faz campanha por fim de assistentes atrás dos gols
Comentários Comente

Perrone

Modesto Roma Júnior, presidente do Santos, está em campanha pelo fim dos auxiliares de arbitragem que ficam atrás dos gols nas partidas do Brasileirão e dos outros campeonatos no país. O dirigente disse ao blog que já expressou sua opinião para Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, mas não obteve resposta.

“Precisamos tirar aqueles dois mancebos que ficam atrás dos gols. Eles servem como cabides. Não ajudam em nada”, disse o dirigente ao blog.

O cartola não é o primeiro a levantar bandeira contra os árbitros assistentes adicionais. “Gostaria de saber diretamente da comissão de arbitragem o que eles fazem. Se ganham, eles precisam ajudar. Se eles não veem, não precisam (estar lá)”, afirmou Renato Gaúcho em setembro, após derrota para o Bahia. Ele reclamava de suposta omissão de um dos assistentes adicionais em pênalti marcado contra o Grêmio.

O lance mais polêmico envolvendo os assistentes atrás adicionais no Brasileirão foi o gol de braço feito por Jô no Vasco.

As principais ligas do mundo, como as da Espanha, Inglaterra, Itália e Alemanha não usam esses assistentes. Porém, eles estão presentes na Champions League.

Além da campanha pelo fim dos auxiliares atrás dos gols, Modesto está entre os dirigentes que defendem a implantação do árbitro de vídeo só no Brasileirão de 2018. “É uma questão de isonomia. Já fizeram o campeonato até aqui sem o recurso do vídeo e muitos clubes foram prejudicados. O modelo tem que ser o mesmo no campeonato inteiro”, declarou o santista.

O cartola também teme que falte preparo para colocar o sistema em operação e que em caso de falhas a ideia fique queimada.

Mas não há consenso entre os dirigentes de clubes da Série A sobre quando o Brasileirão deve começar a contar com o árbitro de vídeo. Eduardo Bandeira de Mello, do Flamengo, e Daniel Nepomucento, do Atlético-MG, por exemplo, defendem a novidade tecnológica ainda neste Brasileirão.

“Sou a favor (do árbitro de vídeo) o quanto antes. Tecnologia só ajuda”, disse Nepomuceno.