Blog do Perrone

Arquivo : sorteio

Opinião: depois de sorteio, obrigação do Brasil é ser semifinalista
Comentários Comente

Perrone

Sempre o Brasil é um dos favoritos pra vencer Copa do Mundo. Porém, na opinião deste blogueiro, Alemanha e França são mais candidatas ao título na Rússia. Os espanhóis estão no mesmo patamar dos brasileiros. A Argentina, apesar de tudo, vem em seguida.

Por esse raciocínio, o sorteio dos grupos do Mundial nesta quinta coloca nos ombros de Tite e de seus jogadores a obrigação de chegar às semifinais. Isso porque, se não acontecerem zebras, os pentacampeões enfrentarão adversários inferiores, na análise deste blogueiro, até trombar com a França numa provável disputa por vaga na final.

Num cenário sem surpresas na primeira frase, Neymar e seus companheiros passariam com tranquilidade por Costa Rica, Suíça e Sérvia. Depois, enfrentariam Suécia ou México nas oitavas de final. Vitória obrigatória contra qualquer um dos dois.

De novo, se der a lógica nos demais resultados, o Brasil jogaria com Colômbia, Bélgica ou Inglaterra. Nenhum dos três pode ser considerado adversário fácil mas, vejo o time de Tite como favorito. Os ingleses são os que preocupam mais, apesar da força belga.

Se Argentina, Alemanha e Espanha caminharem sem tropeçar, só podem enfrentar os brasileiros na final. Assim, a França seria a primeira grande dureza encarada pelo Brasil. Também no caso de as zebras não acontecerem, os franceses seriam favoritos nas quartas de final contra o Uruguai, em minha opinião.

Nesse exercício de futurologia, cair diante da França não seria vergonha ou tragédia para a seleção brasileira. Mas claro que a bola de cristal usada aqui é frágil. Ainda há tempo para seleções evoluírem, regredirem e perderem jogadores contundidos. O cenário pode mudar. Além disso, é difícil de imaginar um Mundial sem zebras.

 

 


Gafes indicam “falha humana” como principal ameaça à Copa no Brasil
Comentários Comente

Perrone

Contra violência, “vergonha” em inglês após sorteio dos grupos

Já célebre, a pisada de bola do chef Alex Atala ao pegar bolinha errada no sorteio da Copa das Confederações foi só a cereja no bolo. A semana foi recheada por gafes relacionadas a eventos da Fifa.

Sinal de que falhas humanas ameaçam mais a Copa de 2014 do que problemas de infraestrutura. Nos últimos dias, por exemplo, não se ouviu queixas da Fifa sobre o trânsito de São Paulo. Compreensível, pois a cúpula da entidade andou  quase sempre com batedores abrindo o caminho. Os elogios ao ritmo das obras dos estádios foram rasgados.

Por outro lado, as dores de cabeça provocadas por mancadas não terminou com o episódio envolvendo Atala. A celebridade, aliás, nega ter errado. Diz ter feito o que foi orientado a fazer.

PÉ FRIO? Atala já serviu galinhada fria na Virada Cultural de SP por falta de energia em sua barraca

Um dos problemas envolveu a Presidência da República.

Pouco depois do sorteio, o Blog do Planalto postou o discurso da presidenta Dilma Rousseff na íntegra. A imagem foi liberada pela Fifa, apesar de a Globo ter exclusividade. Mas quem clicava no link lia mensagem avisando que o vídeo fora bloqueado por se tratar de conteúdo exclusivo da Fifa.

Espaço reservado para Felipão em evento da Copa das Confederações

A direção de comunicação do COL e a equipe do Blog do Planalto afirmam que alguém, não se sabe exatamente quem, esqueceu de desativar um sistema automático do Youtube. Ele bloqueia vídeos de eventos ligados à Fifa. A liberação foi feita por volta das 20 horas.

O sorteio também foi envolvido por falhas menores do que as de Atala, como um segurança que tentou barrar a entrada de um dos chefes de operação e a facilidade com que manifestantes entraram em área reservada sem credencial.

Fifa e COL também passaram o constrangimento de convidar a imprensa para um torneio de futebol que começaria à tarde e terminaria à noite num estádio sem iluminação artificial. “… acontecerá no histórico estádio em que Pelé marcou o mais belo gol de sua carreira, o estádio do Clube Atlético Juventus, na Rua Javarí”, diz o e-mail enviado à imprensa. O evento acabou sendo no clube social do Juventus.

Quem confiou nas dicas de alimentação dadas pelo COL no centro de imprensa do sorteio se estrepou. Informativo oficial indicava uma churrascaria vizinha ao Anhembi por menos de R$ 40. Ao chegar lá, no entanto, a casa avisava que o preço correto do rodízio é de R$ 70.

Gente que não estava envolvida diretamente com o evento, como ministro Aldo Rebelo, também deu suas mancadas. Na terça, ele disse esperar que Corinthians e Palmeiras se enfrentem em 2013 pela Libertadores no estádio de Itaquera, que ainda não estará pronto.

Menos mal do que o presidente da CBF errar o nome do novo coordenador técnico. Carlos Alberto Parreira, que virou Antonio Carlos Parreira e Parreiras na boca de José Maria Marin.

O cartola, aliás, foi o autor da trapalhada que mais incomodou a Fifa. Demitiu Mano Menezes e ignorou que a seleção brasileira precisaria de um treinador no workshop de técnicos da Copa das Confederações. Após bronca de Joseph Blatter, antecipou a apresentação de Felipão, mas não conseguiu fazer com que ele chegasse a tempo ao evento.

Pelo conjunto da obra, sobram motivos para acreditarmos num festival de lambanças durante a Copa das Confederações e o Mundial. Mais do que nunca, ganha força o slogan: “Imagina na Copa”.


Prefeitura de São Paulo gasta ao menos R$ 6,4 milhões com sorteio da Copa das Confederações
Comentários Comente

Perrone

Adriana Lima será uma das apresentadoras do sorteio

Receber o sorteio da Copa das Confederações, no próximo dia 1º, vai custar para São Paulo pelo menos R$ 6.418.915,34. Esse é o valor repassado pela prefeitura para a São Paulo Turismo, contratada para cuidar das ações de responsabilidade da cidade no evento.

Despacho publicado no Diário oficial sobre o assunto, no último dia 10, não detalha como será gasto o dinheiro. Relata apenas que entre as ações está a locação de espaços e infraestrutura necessária.

A São Paulo Turismo possui capital aberto, mas tem a prefeitura como sócia majoritária. A empresa cuida do Anhembi, onde será o sorteio.

De acordo com um processo de compras publicado no Diário Oficial, a São Paulo Turismo vai gastar R$ 285.000 só com a empresa que cuidará do sistema de ar condicionado, geradores e infraestrutura necessária para refrigeração durante o sorteio. A contratação foi por meio de pregão eletrônico.

Como São Paulo ficará fora do torneio, o Comitê Paulista para a Copa do Mundo apostou no evento para promover a cidade.

Reprodução do Diário Oficial de São Paulo


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>