Topo
Blog do Perrone

Blog do Perrone

Categorias

Histórico

Saiba quanto o Santos topou pagar de comissão em cada contratação até março

Perrone

10/08/2019 09h47

Relatório do Conselho Fiscal do Santos  sobre as contas do primeiro trimestre de 2019 atesta que o clube gastou R$ 4.707.400 em pagamentos  de comissões por intermediações de oito contratações até o final de março.

O maior gasto foi na contratação de Soteldo. O documento mostra despesa de R$ 1,5 milhão em comissões só nessa operação. São R$ 360 mil em nome de Daniel Manucheri e R$ 1.140.000 para assessoria Twentytwo.

O segundo comissionamento mais caro foi gerado pela negociação com o técnico Jorge Sampaoli. Ficou acertado o pagamento de R$ 1.358.400 para a empresa Sport and Legal Services LLC.

Por intermediar a ida de Felipe Jonatan para a Vila Belmiro, a REC Sports Assessoria Esportiva assegurou comissão de R$ 336 mil. A mesma empresa faz jus a R$ 650 mil por intermediar o acerto entre Santos e o goleiro Everson.

Na contratação do lateral Jorge ficou acertado pagamento de R$ 280 mil a título de comissão para a Brasil Soccer Sports.

Para acertar com Jean Lucas, emprestado pelo Flamengo, o alvinegro se comprometeu a pagar comissão de R$ 280 mil para a Brasil Soccer Sports.

Já a contratação de Felipe Aguilar tem prevista comissão de R$ 400 mil divididos igualitariamente entre BB Soccer Publicidade e Marketing e MJF Publicidade e Promoções.

Já a chegada de Alan Cardoso gerou pagamento de comissão de R$ 63 mil para a GMR Sports.

O blog não conseguiu ouvir a diretoria do Santos sobre o relatório do Conselho Fiscal por meio de sua assessoria de imprensa.

 

 

Sobre o Autor

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

Sobre o Blog

Prioriza a informação que está longe do alcance das câmeras e microfones. Busca antecipar discussões e decisões tomadas por dirigentes, empresários, jogadores e políticos envolvidos com o futebol brasileiro.

Mais Blog do Perrone